Macaé News
Cotação
RSS

Ação pelo fim da violência contra a mulher mobiliza Macaé

Publicado em 11/12/2013 Editoria: Segurança sem comentários Comente! Imprimir


Terminou nesta terça-feira (10) a série de atividades pelo Dia Mundial de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contras as Mulheres promovidas pela subsecretaria de Políticas para Mulheres da Prefeitura Municipal de Macaé.

A campanha começou no último dia 22 e novembro e durante todo o tempo foram realizadas ações com o objetivo de reconhecer e estabelecer um elo simbólico entre a violência contra as mulheres e os direitos humanos, fortalecimento da autoestima da mulher e seu empoderamento como condições para sair das situações de violência.

De acordo com a subsecretária de Políticas sobre Mulheres, Renata Graça de Oliveira, a ação foi importante para mostrar à população que toda violência contra a mulher é uma violência contra a própria sociedade.

- Mostramos que a violência não diz respeito apenas às mulheres, mas a todas as pessoas que acreditam que uma vida livre de violência. Esse é o primeiro passo para a construção de uma sociedade justa e igualitária. Aproveitamos toda a mobilização para discutir todos os tipos de violência contra a mulher. E ainda lançamos a "Campanha do Laço Branco", criada para homenagear 14 mulheres assassinadas, em 06 de dezembro de 1989, porque cursavam engenharia, em Montreal. Em função desse crime, um grupo de homens decidiu se organizar para dizer que existem homens que repudiam esse tipo de atitude e elegeram como símbolo da luta um laço branco -, explicou a subsecretaria.

Nesse período, representantes da subsecretaria estiveram na Guarda Municipal e na secretaria de Mobilidade Urbana, a fim de mobilizar os servidores sobre a importância da luta pelo fim da violência contra a mulher. Além destes órgãos, também aderiram à campanha do Laço Branco, a Organização dos Advogados do Brasil (OAB) Macaé e diversos setores da prefeitura.

A Campanha dos 16 dias de Ativismo é encerrada por uma das datas mais importantes, O Dia Internacional dos Direitos Humanos. Em 10 de dezembro de 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos foi adotada pela ONU, como resposta à barbárie praticada pelo nazismo contra judeus, comunistas e ciganos e ainda às bombas atômicas lançadas pelos EUA sobre Hiroshima e Nagazaki, matando milhares de inocentes. Posteriormente, os artigos da Declaração fundamentaram inúmeros tratados e dispositivos voltados à proteção dos direitos fundamentais.

Em Macaé o encerramento aconteceu hoje com a capacitação dos técnicos da Rede de Proteção e Assistência à Mulher Vítima de Violência Doméstica, além da equipe do Centro de Convivência do Idoso.

A campanha contou com a parceria de vários órgão municipais: Coordenadoria Extraordinária de Igualdade Racial (Cepir), Subsecretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Subsecretaria do Idoso, Subsecretaria da Infância e Juventude, Subsecretaria de Acessibilidade e Proteção a Pessoa com Deficiência, Fumdec, Cemeaes, Secretaria de Trabalho e Renda, Cetep, Educação e Saúde (Grupo Grutas), Programa Municipal de DST/Aids, Guarda Municipal de Macaé e Secretaria de Mobilidade Urbana.

Secom Macaé

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário