Macaé News
Cotação
RSS

Foliões exaltam clima familiar no Carnaval da Linha Verde em Macaé

Publicado em 05/03/2014 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


Muitos foliões presentes no Carnaval da Linha Verde, na madrugada desta terça-feira (4), enalteceram o clima familiar que rondava a Cidade do Samba. Segundo o geólogo Leo Lima, de 45 anos, cinco pessoas de sua família desfilaram na Escola de Samba Unidos dos Bairros. Esposa, sogra, filho, sobrinha e cunhada, além dele próprio, mostraram que família que desfila unida permanece unida.

O motorista Gilcemar Gomes Brito, de 30 anos, ressaltou que o Carnaval estava muito animado. Acompanhado pela esposa, Eva Gomes, e pelo filho, Pedro Henrique, de três anos de idade, ele enfatizou a segurança e a tranquilidade para que todos pudessem aproveitar a folia da melhor forma possível.

Por sua vez, Elaine Valadão, 51 anos, e Jaqueline Barcelos, 24 anos, cuidavam do pequeno Miguel Barcelos, de um ano. Acompanhadas de Rafaela Barcelos, 21 anos, e Larissa Santos, 11, também integrantes da família, elas torceram pelo tricampeonato da Império da Barra.

Também presente, o músico Dionísio Ramos, de 74 anos, lembrou da própria história com o samba. "Desfilei 20 anos pela Portela e também fui integrante da Imperatriz Leopoldinense. Sou compositor e há quatro anos desfilo pela Mocidade Independente de Padre Miguel", enumerou.

Manifestação Popular

Segundo o secretário de Administração, Aderson Ferreira Júnior, o Carnaval envolve turismo, lazer, cultura e economia. “Os temas locais devem ser enfatizados. Além disso, o Carnaval gera fonte de renda para as comunidades. Macaé tem um Carnaval tradicional. Há excelentes profissionais aqui: carnavalescos, compositores e músicos”, comentou.

Já o Presidente do Fundo Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social, Vandré Guimarães, destacou o ambiente aconchegante e receptivo, fruto da atuação de órgãos municipais. "A população está animada, inclusive nos shows pela cidade", contou.

A funcionária pública, Cecília Taroquela Natalini, foi mais uma a exaltar a tranquilidade. "Aqui no Carnaval da Linha Verde não teve tumulto, nem confusão. Não houve uma briga sequer. Creio que todos se divertiram muito”, avaliou.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário