Macaé News
Cotação
RSS

Ambulantes de Quissamã recebem kit para trabalhar no carnaval

Publicado em 27/02/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Os 125 ambulantes cadastrados que vão trabalhar durante o Carnaval 2014 em Quissamã receberam nesta quarta-feira (26) um kit contendo colete e crachá. A entrega foi realizada pela secretária de Desenvolvimento Econômico, Urbanismo, Trabalho e Renda, Carla Cabral junto com a equipe do Departamento de Fiscalização de Obra e Postura, na Casa do Empreendedor.

Com a utilização do kit, os comerciantes serão facilmente identificados tanto pelos fiscais quanto pelos consumidores, garantindo assim, melhor organização e segurança para os foliões nos locais onde acontecem os eventos da folia de Momo.

Esses ambulantes irão atuar, em maioria, na venda de bebidas e alimentos. Todos foram cadastrados na Casa do Empreendedor, onde receberam as instruções. Uma equipe foi disponibilizada especialmente para orientar os comerciantes sobre os cuidados que eles devem ter. “Esse tipo de ação com caráter educativo é fundamental para a conscientização desses comerciantes eventuais”, esclareceu a diretora do Departamento de Fiscalização de Obras e Postura, Ana Cristina de Souza.

O Departamento de Fiscalização de Obra e Postura da Prefeitura de Quissamã alerta os ambulantes cadastrados que é proibido vender bebidas em garrafas de vidro em eventos abertos com número expressivo de pessoas. A ação irregular poderá provocar a interrupção das vendas e apreensão da mercadoria pelos fiscais do setor de Postura da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Urbanismo, Trabalho e Renda. O regulamento tem amparo legal por intermédio da Lei Municipal nº 143, de 30 de dezembro de 1991. Os fiscais vão atuar com rigor, e quem não for cadastrado não poderá trabalhar, pois estará sujeito às sanções legais.

A secretária Carla Cabral explica a importância da formalização dos ambulantes. “O cadastramento e a identificação desses comerciantes visam proporcionar organização e segurança para todos, dando mais qualidade a atividade exercida por eles e também para o consumidor. Além disso, promove a geração de trabalho e renda e fomenta a receita do município com essa formalização”, ponderou.

O jovem Pablo Gomes Silva, 20 anos, possui emprego formal mas quis aproveitar a oportunidade de trabalhar como ambulante durante os dias de carnaval e aumentar sua renda. “Não pensei duas vezes e me cadastrei, porque o nosso carnaval é sempre muito prestigiado, então, a melhor opção é aproveitar essa boa chance. E com tudo organizado, a gente só tem a lucrar”, declarou.

Vale ressaltar ainda que, todos os ambulantes devem fazer o uso do colete e do crachá, pois assim indica que eles estão aptos a trabalhar. Outra orientação é que os comerciantes que abastecerão esses vendedores nos locais de venda, também devem portar o alvará de sua atividade comercial com registro no município, pois será necessária a apresentação da documentação correta caso haja abordagem de fiscais, evitando transtornos.

Mais informações podem ser obtidas no Departamento de Fiscalização de Obra e Postura - SEMDE/PMQ – Fiscais: Ana e Luiz Augusto – 2768-9300 – Ramal 9451.
 

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário