Macaé News
Cotação
RSS

Ampla investe em melhorias na rede elétrica e tem esquema especial para o carnaval 2014

Publicado em 26/02/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Durante o período da folia, a Ampla montará um esquema especial de atendimento nos municípios da sua área de concessão, em especial nas cidades de veraneio, onde há maior concentração de visitantes nesta época. Para atender a crescente demanda de energia, a empresa também vem investindo no aumento da capacidade de distribuição de energia elétrica, de forma a trazer mais confiabilidade ao sistema elétrico.

Para reforçar o abastecimento na Região dos Lagos no Carnaval, a Ampla disponibilizará uma subestação móvel com capacidade para suprir o fornecimento de energia equivalente ao de uma cidade com 30 mil habitantes (potência de 15 MVA). A subestação estará posicionada no município de São Pedro da Aldeia, pronta para ser deslocada em qualquer eventualidade que ocorra em toda a área de concessão durante o feriado.

O efetivo das turmas de manutenção e emergência será reforçado, podendo aumentar o número de equipes, a qualquer momento, dependendo das demandas de atendimento. Além da Central de Atendimento, a distribuidora disponibiliza atendimento comercial e de emergência pelas redes sociais Twitter (@amplaenergia) e Facebook (www.facebook.com/amplarj), durante 24 horas por dia. As lojas voltam a funcionar na quarta-feira (5 de março) entre 12h e 16h.

A Ampla alerta que continuará fiscalizando as instalações elétricas de rua nos dia de folia. A ligação irregular é uma preocupação para empresa porque além de ser crime pode sobrecarregar a rede.

Investimentos realizados 

Entre os investimentos realizados pela companhia para melhoria da rede elétrica,  destaca-se a duplicação do circuito da linha de transmissão que abastece o município de Armação dos Búzios, com 16,4 quilômetros de extensão. Resultado de um investimento de R$ 2,4 milhões, a obra foi inaugurada no último dia 19 e beneficiará 25.967 clientes.

Também foram ampliadas as estações de Porto do Carro, São Pedro da Aldeia e Armação dos Búzios. Além disso, a distribuidora realizou ampliações e adequações em subestações da Região dos Lagos. As ações receberam investimento de R$ 11,8 milhões e beneficiaram, aproximadamente, 106 mil clientes dos municípios de Rio das Ostras, Arraial do Cabo, Búzios, Cabo Frio e São Pedro da Aldeia.

Na região de Macaé, a empresa realizou a ampliação, adequação e substituição de equipamentos em subestações. Com investimento de R$ 418 milhões, as ações beneficiaram cerca de 228 mil clientes dos municípios de Macaé, Rio das Ostras,  Conceição de Macabú, Trajano de Morais,  atendendo ao crescimento da demanda e melhorando a confiabilidade do sistema.

Na Costa Verde, a Ampla está investindo cerca de R$ 4,9 milhões na ampliação da subestação de Paraty, beneficiando cerca de 51 mil clientes da região.  Em 2013, a empresa destinou R$ 1,16 milhão para substituições de 23 equipamentos nas subestações de Angra, Muriqui, Jacuacanga, visando à melhoria da qualidade de fornecimento.

A distribuidora realizou 129 mil podas de árvore na Costa Verde ao longo do ano de 2013, a fim de evitar as interrupções no fornecimento de energia decorrente do contato da vegetação com a rede elétrica.

Na Região Serrana, a subestação Entroncamento Rio da Cidade recebeu R$ 4,2 milhões para a substituição de equipamentos para aumentar a capacidade de distribuição de energia para a cidade de Petrópolis. Além disso, a distribuidora vem reforçando as ações de poda na região, principalmente em Itaipava e Rio da Cidade, algumas das localidades que mais ocorrências de contatos da vegetação com a rede elétrica. No mês, foram realizadas 5.847 podas. Ao longo de 2013, o total na região chegou a 96.394.

Com investimento de R$ 9,8 milhões, a concessionária também realizou obras de ampliação no sistema de distribuição de energia da região de Campos dos Goytacazes, beneficiando cerca de 261 mil clientes do próprio município e das cidades de Cardoso Moreira e São Francisco do Itabapoana. A iniciativa torna o sistema de distribuição mais confiável e mais adequado para atender à crescente demanda da localidade.

Para curtir a folia com segurança, a Ampla dá algumas dicas:
Ligações irregulares:
&9679; As ligações elétricas irregulares sobrecarregam a rede, podendo ocasionar desligamentos não programados.
&9679; Para fazer iluminação provisória procure uma loja comercial da Ampla com antecedência. Nossa equipe vai verificar as condições da rede e cuidar para que as instalações sejam feitas com toda segurança.

Enfeites:
&9679; Escolha bandeirinhas plásticas ou de papel e use sempre barbantes de algodão ou fitilhos plásticos, pois outros materiais como arames e fios de cobre podem provocar choques elétricos.
&9679; A amarração das bandeirinhas deve ser feita de poste a poste, com distância mínima de um metro abaixo da rede elétrica.
&9679; As serpentinas e confetes quando agarradas na rede também podem provocar interrupções no fornecimento. Nunca jogue a serpentina em direção na rede.
&9679; Vale ressaltar que os mastros (hastes) devem ser sempre de tubo plástico ou madeira.
&9679; Muito cuidado com os carros alegóricos dos blocos que possam encostar na rede elétrica.

Pipas:
&9679; Evite soltar pipas perto da rede elétrica, pois elas podem enroscar nos fios da rede provocando uma possível descarga elétrica.
&9679; Vale lembrar que materiais metálicos também não devem ser utilizados na fabricação deste brinquedo, pois conduzem eletricidade, aumentando a chance de choque elétrico, podendo causar até a morte de uma pessoa.
&9679; O uso de cerol (pó de vidro com cola) oferece mais um risco: ele corta a camada de  borracha que reveste os fios de alumínio ou de cobre, criando a situação de transferência de corrente elétrica. Além disso, o uso do cerol também pode provocar acidentes com motociclistas.

Antes da viagem:
&9679; Os cuidados devem começar antes mesmo de pegar a estrada para curtir o carnaval. É importante verificar se todos os aparelhos de casa estão desligados da tomada. Além de economizar energia – já que muitos costumam ficar no modo “stand by”–, evita imprevistos, como curtos-circuitos e incêndios.

Outras dicas:
&9679; Àquelas pessoas que costumam andar com os pés descalços e com o corpo molhado, depois de tomar banho de piscina ou de mar, o lembrete é dobrado porque, ao lidar com instalações elétricas, o risco de choque é muito alto, tendo em vista que a água é um bom condutor de energia elétrica.
&9679; Outra dica é ficar atento a tudo que precise de energia elétrica para funcionar. Ventilador, geladeira, microondas, forno elétrico, aparelho de som e sanduicheira são alguns dos equipamentos que precisam ser manuseados de forma segura e responsável.
&9679; Sobrecarregar um benjamim pode trazer sérios danos para a família. Ele concentra num ponto só intensidade de correntes muito elevadas, que podem provocar um aquecimento, chegar ao ponto do derretimento do benjamim e causar um princípio de incêndio. Além disso, sendo um ponto quente, ele automaticamente aumenta o consumo de energia. Ou seja, significa desperdício, já que a energia é transformada em calor sem nenhuma utilidade.
&9679; A companhia de energia também orienta que as pessoas não montem andaimes, palcos ou estruturas metálicas embaixo ou muito próximo à rede elétrica. Qualquer contato com um fio pode causar um grave acidente. Vale lembrar também para nunca fazer nenhum tipo de improviso com instalações elétricas e jamais jogar objetos sobre a rede elétrica. As ligações clandestinas causam acidentes, sobrecarregam a rede elétrica e prejudicam o fornecimento de energia. O ideal é sempre procurar um profissional qualificado.

› FONTE: Gerência de Comunicação da AMPLA


sem comentários

Deixe o seu comentário