RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS

Agricultura apresenta balanço das ações na Serra e no Sul

Publicado em 24/02/2014 Editoria: Economia sem comentários Comente! Imprimir


O secretário estadual de Agricultura, Christino Áureo, esteve em Nova Friburgo, nesta quinta-feira (20/02), para o 1º Encontro Regional de Comitês Gestores de Microbacias Hidrográficas (COGEM) das regiões Serrana, Centro-Sul e Médio Paraíba. Mais cedo, Christino - acompanhado da presidente da Emater-Rio, Stella Romanos, e do Superintendente de Defesa Agropecuária, Paulo Henrique Moraes - inaugurou a reforma das instalações do Escritório Local da Emater-Rio e do Núcleo de Defesa Agropecuária no município.

Cerca de 300 agricultores e técnicos participaram do Encontro dos Comitês, no auditório do Hotel Vila Verde. Na ocasião, Christino apresentou uma síntese dos investimentos realizados pelos programas setoriais e estruturantes da Secretaria em 34 municípios das três regiões, totalizando R$ 77,7 milhões em ações de fomento e infraestrutura para a produção rural. Somente na Região Serrana foram mais de R$ 58 milhões, aplicados em práticas de desenvolvimento rural sustentável e de aumento do padrão tecnológico, produtividade e produção das cadeias agropecuárias.

O secretário ressaltou também os investimentos em recuperação e manutenção de mais de 8 mil quilômetros de estradas vicinais, nos últimos cinco anos, através do Programa Estradas da Produção. "São ações simultâneas de revestimento primário, drenagem, construção de pequenas pontes, aquisição de minipatrulhas e manutenção das vias rurais. É o maior investimento público em engenharia rural feito em toda história da secretaria", afirmou ele.

O superintendente de Desenvolvimento Sustentável, Nelson Teixeira, apresentou os resultados do Programa Rio Rural e ressaltou que os COGEMs precisam estar atentos às oportunidades e buscar as soluções para o fortalecimento de suas comunidade. Ele citou como exemplo a futura ampliação de mercados regionais decorrentes da construção de complexos portuários, petroquímicos e siderúrgicos no território fluminense. "Os empreendimentos ambientais e econômicos em desenvolvimento vão provocar o aumento da população em vários municípios. São oportunidades que o agricultor não pode deixar passar, pois o público consumidor só tende a aumentar", defendeu.

Três comitês gestores foram apresentados como casos de sucesso. Na Serra, foram destacadas as ações de organização comunitária das microbacias São Lourenço (Nova Friburgo) e Ponte Berçot (Bom Jardim). Ambas foram beneficiadas com recursos financeiros e práticas de recuperação da capacidade produtiva através do Rio Rural Emergencial. Já no Centro-Sul, o destaque foi a experiência da microbacia Ubá 5 Avelar/Granja, no município de Paty do Alferes.

Durante o encontro, técnicos da Emater-Rio foram homenageados em reconhecimento aos trabalhos realizados em benefício do desenvolvimento rural sustentável em suas respectivas regiões de atuação.

Participaram também dos eventos o prefeito de São José do Vale do Rio Preto, José Augusto Gonçalves; o vice-prefeito de Trajano de Moraes, Omair Diniz; o coordenador de combate aos crimes ambientais da Secretaria Estadual do Ambiente, Cel. José Maurício Padrone; o diretor administrativo da Pesagro-Rio, Glauco Barradas; o secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Nova Friburgo, José Carlos Siqueira; vereadores de Nova Friburgo, Teresópolis, Cantagalo, Duas Barras e Sapucaia; além de agricultores e técnicos da Emater-Rio, Pesagro-Rio, Inea, Embrapa Agrobiologia, Sebrae-RJ e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário