Macaé News
Cotação
RSS

OCB deverá se instalar em Campos dos Goytacazes

Publicado em 19/02/2014 Editoria: Economia sem comentários Comente! Imprimir


Cooperativas de toda a região estiveram hoje pela manhã na sede da Coobranorte (Cooperativa de Caminhoneiros Autônomos) para um café da manhã com a troca de experiências em associativismo e cooperativismo. O ponto alto do evento foi o anúncio feito por Marcos Diaz presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) da instalação de um polo em Campos para atender a toda a região.

A previsão é de que ainda nesse primeiro semestre, Campos e as cidades do Norte e Noroeste Fluminense passem a contar com um espaço da OCB e do Sistema Sescoop/RJ (Sistema de Cooperativas do Estado). O núcleo contará com uma equipe técnica para fornecer subsídios necessários à legalização e qualificação profissional de Cooperativas, envolvendo ainda consultoria e acompanhamento.

Estiveram presentes no evento o presidente da Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes Dr. Edson Batista, Décio Duncan da UNIODONTO, Marcio Fernandes da Coopergoyta, Gizelle Fernandes da Norte Saúde, Carlos Henrique da Cooperleite e Jeremias Peixoto da Cooperjack de São João da Barra. Além de empreendedores que foram na busca por informações, o Encontro teve a presença de representantes da EMATER, do Delegado da 134ª DP, Dr.Geraldo Rangel e José Carlos Menezes da Fundenor, assim como representantes do SICOOB Cred Rio Norte e ADCITG - Associação Comercial e Industrial de Guarus.

Para Marcos Diaz, presidente da OCB o Encontro foi uma grande oportunidade de demonstrar a força da região que vem crescendo e fortalecer as cooperativas já existentes “O cooperativismo precisa ter seu nome ligado a pessoas sérias e comprometidas como o Waldemar da Coobranorte, o Décio da UNIODONTO e tantos outros que aqui estão e é com grande satisfação que me faço presente a esse Encontro. Campos já é considerada a 2ª maior economia do Estado e com o crescimento da região a OCB deve se fazer ainda mais presente para ajudar o cooperativismo a alavancar esse desenvolvimento social e econômico”, explicou Diaz.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário