Macaé News
Cotação
RSS

Organização da Copa de 2014 rendeu R$ 6,2 milhões a Marin, diz jornal

Publicado em 11/11/2015 Editoria: Copa 2014 sem comentários Comente! Imprimir


Preso nos Estados Unidos acusado de envolvimento em esquema de corrupção na Fifa, José Maria Marin recebeu R$ 6,2 milhões para organizar a Copa do Mundo no Brasil. De acordo com o jornal "Folha de S. Paulo", o ex-presidente da CBF e do Comitê Organizador Local (COL) teve o rendimento entre 2013 e 2014 - sendo mais da metade dele (R$ 3,6 milhões) apenas no ano da competição.

Sucessor de Ricardo Teixeira no COL, Marin tinha uma função burocrática e não tomava decisões no processo de organização do Mundial. A princípio, os membros do comitê não possuíam dinheiro a receber, uma vez que os lucros seriam alocados em conta de reserva - entretanto o ex-comandante da CBF declarou ter ganho R$ 1,6 milhão por "trabalho assalariado" na função.

Marin está em prisão domiciliar em Nova York há uma semana. Após chegar a um acordo com a Justiça norte-americana para sua extradição da Suíça - onde estava desde sua detenção em maio deste ano -, o brasileiro precisou pagar US$ 1 milhão em dinheiro vivo, US$ 2 milhões em carta de fiança e deu como garantia US$ 15 milhões (R$ 57 milhões).

Durante a negociação, se recusou a delatar outros envolvidos no esquema de corrupção no qual é acusado de envolvimento: propinas relativas a venda de direitos de transmissão da Copa do Brasil e da Copa América. O ex-presidente da CBF alegou ser inocente no caso.

Fonte: Globo Esporte

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: