Macaé News
Cotação
RSS

Joelma quebra o silêncio e fala sobre o suposto abuso sexual contra sua filha

Publicado em 04/11/2015 Editoria: Entrevista sem comentários Comente! Imprimir


“Eu sou a identidade da Calypso”.

“Eu sou a identidade da Calypso”.

DEPOIS DE UMA LONGA NEGOCIAÇÃO, está aí: a primeira entrevista de Joelma a um jornal do Brasil após todos os escândalos da sua tumultuada separação de Chimbinha. Uma das exigências da cantora foi que a entrevista fosse feita por e-mail. Desde uma polêmica entrevista sobre gays, publicada em 2013 pela revista ‘Época’, que Joelma não aceita mais conversar com jornalistas por telefone.
Nesta entrevista, Joelma admite ter perdoado Chimbinha da traição. Perdoou, mas não quis continuar vivendo a seu lado. A cantora pede ainda, pela primeira vez, desculpas ao público por ter exposto os problemas da relação nos palcos da Banda Calypso. Por fim, ela fala sobre a acusação de abuso sexual sofrida por sua filha Natália e sentencia: 

Você e Chimbinha se separaram em maio, mas só tornaram pública a separação em agosto. Por que você decidiu se separar e por que demorou tanto pra anunciar?
Eu suportei até onde pude, mas cheguei ao meu limite e precisava tomar uma decisão. Além disso, nunca planejei tornar essa situação pública. Isso foi uma consequência natural.

Chimbinha diz que você sofre influência de pessoas que seriam seus ‘gurus’, inclusive algumas que são seus guias espirituais. Isso procede?
O meu único guru é Deus. Ele é quem me guia e me fortalece. Meus amigos e fãs são presentes de Deus e foram eles que me ajudaram a superar tudo o que eu passei.

Chimbinha admitiu ter te traído e te pediu perdão. Como você descobriu a traição? Foi só uma vez que ele te traiu? Eles mantinham um caso? P“Eu sou a identidade da Calypso”.or que você não o perdoou?

Pediu, e eu o perdoei. Agora só quero ter o direito de seguir minha vida. Perdoar não significa continuar sofrendo. Perdoar é buscar ser feliz e desejar que o outro também seja.

Foram 16 anos cantando no mesmo palco com seu ex-marido. Por que não aceita mais cantar ao lado dele?
Não vou perder mais tempo com o que aconteceu no passado. A atual fase da minha vida é o meu foco. São novos contratos, novos shows, novas parcerias e muita disposição para continuar com o ritmo Calypso ainda mais acelerado e quente, botando o Brasil inteiro para dançar. A minha parceria com ele acabou tanto na vida quanto no palco.

Por diversas vezes, você decidiu expor aos fãs o que estava realmente acontecendo. Fez gestos na música ‘A Lua me Traiu’, falou abertamente do ‘chifre’. Muita gente te criticou por essa exposição. O que você tem a dizer?
Não teve nenhuma intenção. Isso tudo foi inconsciente. Apesar de ser uma artista, eu também sou um ser humano e um processo como este não é fácil para ninguém. Aproveito para pedir desculpas aos meus fãs e ao público.

Chimbinha anunciou neste sábado oficialmente a nova vocalista da Banda Calypso, que seria a sua substituta. Ele pode usar o nome Calypso? Você pretende entrar na Justiça para ser a dona da marca?
A ela, eu desejo a mesma sorte e sucesso que eu desejo para o novo guitarrista da minha banda. Quanto ao resto, eu deixo para a Justiça decidir.

Sua filha acusou Chimbinha de abuso sexual. Isso de fato aconteceu? Por que só se tornou público agora? Você sabia disso esse tempo todo e decidiu permanecer casada com ele?
Ela desde a adolescência nunca gostou dele, e eu não sabia o motivo. Cheguei a brigar com ela por isso. Ela agiu como muitas meninas e mulheres, que, por fatores psicológicos e emocionais, deixam os assédios guardados, escondidos. Só soube, de fato, o que ocorreu, no momento em que falei pra ela sobre a separação. Parece que foi um alívio. Aí, as coisas começaram a aparecer.

Fale sobre a sua nova carreira. Seu nome artístico agora é ‘Joelma Calypso’. Quando você fará seu show de estreia?
Até dia 31 de dezembro deste ano, eu ainda cumpro a agenda da Banda Calypso. Depois disso, eu lanço a nova marca ‘Joelma Calypso’. Vamos fazer algo que será inesquecível para os fãs. Por enquanto é segredo. O que posso falar é que essa semana gravo clipes de duas músicas em espanhol e lançaremos no mês de janeiro.

A coluna sempre acreditou que você seja a alma e a voz da Calypso. O que você deseja, do fundo do seu coração, para Chimbinha?
Eu desejo que ele seja feliz.

Para finalizar, o que fica desse casamento? O que fica dessa história de amor que vendeu 15 milhões de CDs e que a fez famosa no país inteiro?
Eu acho que cada um vai levar um pouco da Calypso. Mas a dança, o ritmo, a música e a voz eu trago comigo. Eu sou a identidade da Calypso! Somos uma coisa só.

› FONTE: O Dia


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: