Macaé News
Cotação
RSS

Manifestação em Carapebus acaba com 2 ônibus queimados

Publicado em 15/02/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Aproximadamente 2 mil pessoas participaram do manifesto

Aproximadamente 2 mil pessoas participaram do manifesto

Autoridades municipais pedem socorro ao Vice Governandor, Pezão
Terminou com dois ônibus queimados e mais dois depredados, a manifestação na noite da última sexta-feira (14), em Carapebus. Aproximadamente 2 mil pessoas participaram do manifesto que reivindicou o aumento da passagem intermunicipal, Carapebus x Macaé, de R$4 para R$5 reais e a substituição da empresa São Cristóvão, prestadora do serviço.

A manifestação começou pacífica e sem sinais de violência, mas durante a reunião com o represente da empresa que não aceitou baixar o valor da passagem a população se revoltou e alguns manifestantes colocaram fogo nos ônibus, fugindo ao controle da Polícia Militar e da Guarda Municipal presentes no local.
Segundo os participantes, a reivindicação não é apenas pelo aumento de 1 real na passagem mais sim a cobrança para melhorias no transporte público. Há aproximadamente 10 anos a população solicita uma nova licitação para outra empresa atuar na cidade, mas sem sucesso. Na última semana o ônibus quebrou três vezes no trajeto entre as cidades, deixando os passageiros esperar por horas na estrada por outro ônibus.
O presidente do Detran em Carapebus, Mateus Fernandes, que participou da manifestação falou que já teve no DETRO-RJ, informando as condições dos ônibus que circulam na cidade e que as providências já estão sendo tomadas.

- As condições dos ônibus são precárias, além de lotados o que coloca em risco a vida dos passageiros, os ônibus não cumprem os horários. Queríamos uma acordo, mas não foi possível, a passagem permanecerá no valor de 5 reais. Destacou Mateus.
Bernard Tavares, o único vereador que estava presente na manifestação, falou que pelo transporte ser intermunicipal a prefeitura pode fazer pouco.
- Nesse caso, nós representantes do povo podemos fazer pouca coisa, podemos é fazer pressão política para pedir ajuda junto aos órgãos competentes. Estamos aqui para deixar claro que estamos indignados com o serviço prestado pela empresa e essa realidade tem que mudar. Frisou Bernard.

Em contato com o prefeito de Carapebus, Amaro Fernandes, o mesmo disse que já solicitou apoio ao Vice Governador, Luiz Fernando Pezão, e que a manifestação tem que existir, é a forma da população demonstra sua insatisfação, mas sem violência.

- Esta semana estive em Brasília e solicitei pessoalmente ao Pezão, uma reunião em seu gabinete para que ele lute ao nosso lado pela abertura de uma licitação para uma nova empresa de ônibus em Carapebus. Destaquei á Pezão, que já foram dadas muitas oportunidades para a São Cristóvão melhorar o atendimento aos munícipes, mas nenhuma foi cumprida. Agora não tem mais conversa com a São Cristóvão, nós não estamos de braços cruzados, ainda esta semana vamos eu e os vereadores para o Rio reforçar com o vice governador nossas reivindicações. Falou o prefeito.
Foi tentado sem sucesso contato com os responsáveis pela empresa São Cristovão.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário