Macaé News
Cotação
RSS

Casimiro consegue apoio da TurisRio para o Congresso Internacional de Esportes Populares

Publicado em 08/10/2015 Editoria: Turismo sem comentários Comente! Imprimir


Oscar Pires Junior e o vice-presidente do IVV, John Graham Fawcett

Oscar Pires Junior e o vice-presidente do IVV, John Graham Fawcett

Dando continuidade a organização do Congresso Internacional de Delegados da Federação Esportes Populares (IVV), que acontecerá em Casimiro de Abreu em novembro de 2016, o secretário de Turismo e Eventos, Oscar Pires Junior e o vice-presidente do IVV, John Graham Fawcett, estiverem nesta quarta-feira,  dia 7, no Rio de Janeiro. Na ocasião eles se reuniram com representantes da TurisRio e da Ecobooking,  para ajustar detalhes do evento de grande relevância que será sediado pela primeira vez na América.

Na sede da TurisRio o encontro foi com o presidente Paulo Senise e com o diretor de marketing Luiz Henrique Castilho.  A reunião tratou da apresentação do evento para a entidade de turismo e da grande oportunidade turística e econômica para as cidades que fazem divisa com Casimiro de Abreu. O presidente da instituição se interessou pela oportunidade e garantiu apoio na realização do receptivo dos delegados e acompanhantes que chegarão ao Brasil pelo Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim.

Já na Ecobooking, a reunião foi com o coordenador Anderson Pim, que fez uma apresentação de todo o cadastro e gestão dos eventos de caminhadas que acontecem pelo Brasil e mostrou para o vice-presidente do IVV o potencial do sistema que pode contribuir para o desenvolvimento dos esportes populares por todo o mundo. Uma parceria com Casimiro de Abreu e a Anda Brasil, que é a Confederação Brasileira de Esportes Populares, a Ecobooking está desenvolvendo o site do Congresso que deve estar no ar no mês de novembro.

Para o secretário de Turismo,  essa é uma oportunidade única de dar visibilidade a região e fortalecer os esportes populares no país. "Somos a primeira cidade das Américas a receber esse evento. Temos que fazer parcerias para tornar isso o mais positivo possível. Além disso, temos que pensar em dar continuidade a essa parceria a longo prazo".

› FONTE: ASCOM


sem comentários

Deixe o seu comentário