Macaé News
Cotação
RSS

Empreendedores criativos lançam campanha de financiamento coletivo para aplicativo que fará o monitoramento de filas hospitalares

Publicado em 21/09/2015 Editoria: Tecnologia sem comentários Comente! Imprimir


Para tentar viabilizar o lançamento do aplicativo, eles tentam arrecadar fundos necessários

Para tentar viabilizar o lançamento do aplicativo, eles tentam arrecadar fundos necessários

Novidade do software é permitir ver o tempo médio de espera de atendimento baseado nas informações de filas.

Um aplicativo gratuito que permite ao usuário localizar o hospital ou unidade de saúde mais próxima e verificar o tempo médio de espera para ser atendido, nas principais capitais do Brasil.  O &39;Mais Vida App&39; está em fase de captação de recursos através de financiamento coletivo no site Kickante.

A ideia surgiu após os idealizadores Nilton Duarte, Leonardo Ardisson e Fernando Escarlate, perceberem o grande aumento de mortes em filas de espera do Sistema Único da Saúde (SUS). "Fazendo uma breve pesquisa, chegamos a uma média espantosa de 1 morte a cada três dias nos últimos anos. Decidimos ir mais a fundo e descobrimos que a maioria desses pacientes morreram na entrada de Prontos-Socorro, sem nem mesmo conseguir atendimento médico, ou remoção para os leitos.",  afirmou um dos desenvolvedores, Leonardo Ardisson.

Alarmados com a situação, os empreendedores criaram o projeto do aplicativo, que tem como principal objetivo redirecionar os pacientes para unidades de saúde mais vazias e adequadas, evitando que as pessoas se concentrassem no mesmo lugar ao mesmo tempo. "Desta forma haverá uma grande redução de filas e consequentemente uma melhora no atendimento nas unidades de saúde. Um ganho enorme para a sociedade e também para a organização dos hospitais e outras unidades de saúde.", conta um dos empreendedores, Fernando Escarlate.

O aplicativo será totalmente colaborativo, então, ao ser feito uma alerta de fila, essa informação chegará aos usuários que estiverem online por perto ou tenham passado pela unidade de saúde, esses usuários receberão uma notificação com o alerta de fila e poderão “agradecer” para validá-lo ou clicar no botão “engano” para que a informação seja revisada. Além disso, o aplicativo oferece a possibilidade de avaliar, reclamar, dos hospitais e do atendimento, podendo, inclusive, mandar imagens.

Para tentar viabilizar o lançamento do aplicativo, eles tentam arrecadar fundos necessários através de uma campanha de financiamento coletivo no site Kickante. Os interessados em colaborar podem acessar o link kickante.com.br/campanhas/mais-vida-aplicativo e escolher uma das cotas disponíveis. Os valores vão de R$15,00 até R$10.000,00 e a campanha se encerrá no dia 16 de Novembro. Aqueles que participarem colaborando com um valor , além de impulsionar o projeto, receberão recompensas de acordo com a cota escolhida. A campanha é classificada como "tudo ou nada", ou seja, a arrecadação só será revertida para o projeto em caso de meta atingida, caso contrario, o dinheiro será devolvido a todos aqueles que apostaram nessa ideia.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: