Macaé News
Cotação
RSS

Barra do Furado recebe reunião do Conselho Comunitário de Segurança Pública

Publicado em 04/09/2015 Editoria: Segurança sem comentários Comente! Imprimir


O Conselho Comunitário de Segurança Pública de Quissamã, reuniu na noite desta quarta-feira (02), na Escola Municipal Délfica de Carvalho Wagner, em Barra do Furado, autoridades municipais, representantes das Polícias Civil e Militar, Ministério Público, Guarda Municipal e sociedade civil para debater sobre as ações que vem sendo realizadas, visando a melhoria da segurança na localidade.

A segunda reunião itinerante foi solicitada pela população e prontamente atendida pelo do Conselho Comunitário de Segurança – CCS para ouvir os problemas e anseios da comunidade.

Nesta reunião, foram pontuados itens importantes com o objetivo de resolver os problemas relacionados à segurança pública, questão que tem preocupado diariamente, poder público, moradores e comerciantes locais. O tema mais abordado foi a importância da participação da população ao registrar os delitos.

O Inspetor da Polícia Civil, Cristiano Dykeman, falou que a população de Quissamã precisa criar o hábito de colaborar com as investigações policiais e sugeriu que o cidadão opte pela denúncia anônima. “Não tenham medo, lembrem-se que vocês não precisam se identificar e com essa colaboração, conseguiremos ter mais subsídios para investigar e o juiz, base para condenar”, pontuou Cristiano.

A Promotora de Justiça, Cristiane Campos da Paz, corroborou com a fala do inspetor e mais uma vez, pediu a participação da população ao registrar as ocorrências. Afirmou ainda, que em muito casos, as pessoas reclamam que o “meliante” foi condenado com cinco ou seis anos e afirma, que quanto mais denúncias contra ele tiver, mais tempo de condenação ele pegará.

O Conselho Comunitário é um canal de comunicação entre a sociedade civil e as Polícias Civil e Militar do Estado do Rio de Janeiro, atuando como colaboradores voluntários, não remunerados e compromissados com a redução da violência, da criminalidade e com a paz social.

"O debate de hoje foi enriquecedor, mas é uma situação complexa, pois temos que seguir a legislação. A questão da segurança pública é uma engrenagem e cada um deve fazer a sua parte: a população, os governantes e as policias, para que consigamos solucionar os casos e diminuir essa sensação de insegurança", declarou Wagner Gil.

Também participaram do encontro o Vice-presidente do Conselho de Segurança Pública de Quissamã, Cosme de Paula, o Capitão André Silva do 32º Batalhão da Polícia Militar de Macaé, o vereador Ronaldo Costa, Presidentes de Associações de Moradores, representantes do comércio e da população.

Vale ressaltar que próxima reunião do Conselho Comunitário de Segurança, será na primeira quarta-feira (07) de outubro, no Auditório da Prefeitura. É de suma importância que a população compareça para que possa ajudar na melhoria da segurança pública do município.

› FONTE: Ascom PMQ


sem comentários

Deixe o seu comentário