Macaé News
Cotação
RSS

Mico-leão-dourado estampa moeda comemorativa dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016

Publicado em 12/08/2015 Editoria: Olimpíadas 2016 sem comentários Comente! Imprimir


Na coleção especial, lançada pela Casa da Moeda e Banco do Brasil, o mico-leão-dourado

Na coleção especial, lançada pela Casa da Moeda e Banco do Brasil, o mico-leão-dourado

Com objetivo de aumentar a população de micos em Casimiro de Abreu e região, animal tem sido alvo de diversas ações ambientais

Casimiro de Abreu voltou a ficar em destaque no cenário mundial. Desta vez pelo mico-leão-dourado, animal em extinção e característico dessa região, ter sido escolhido para estampar a moeda comemorativa dos Jogos Olímpicos de 2016. A divulgação foi feita nesta última semana.

Na coleção especial, lançada pela Casa da Moeda e Banco do Brasil, o mico-leão-dourado, símbolo da biodiversidade nacional, aparecerá nas moedas de R$ 5.

As ações, para salvar o animal de extinção, são realizadas pela Associação Mico-Leão-Dourado (AMLD), com o apoio de vários parceiros entre eles a Prefeitura de Casimiro de Abreu. A meta da AMLD é atingir, até o ano 2025, uma população mínima viável de pelo menos dois mil micos vivendo livremente em 25 mil hectares de florestas protegidas e conectadas.

Dessa forma, ciente da importância da preservação do habitat deste animal, a Prefeitura de Casimiro de Abreu, por meio da Secretaria de Meio Ambiente de Desenvolvimento Sustentável, desenvolve diversas ações. Recentemente, começou a ser elaborado o Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica - Região Lagos São João. Encontros estão sendo realizados para montar um mapa com o diagnóstico socioambiental do município.

" Acreditamos que esse destaque vai reforçar ainda mais a atenção para este animal. Possuímos pouco mais de 31% do nosso território coberto por remanescentes da Mata Atlântica, que é o habitat do mico-leão-dourado. Sabemos da importância desse animal em nosso ecossistema e estamos sempre atentos para ele em nossas políticas de preservação ambiental", disse o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Maurício Porto. 

› FONTE: ASCOM


sem comentários

Deixe o seu comentário