Macaé News
Cotação
RSS

Petrópolis abre festa que reverencia a cultura japonesa

Publicado em 09/08/2015 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


O prefeito Rubens Bomtempo, ao lado do cônsul geral do Japão no Rio de Janeiro, Kentaro Kato, abriu na noite de quinta-feira (6/8) o Bunka-Sai, Festival da Cultura do Japão. O evento, que está sendo promovido pela Prefeitura, por meio da Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis, será realizado até domingo (9/8), no Palácio de Cristal. Há atividades também em outros espaços, como o Centro de Cultura Raul de Leoni, a Praça do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) da Posse, a Praça de Nogueira, a Casa Cláudio de Souza e o Senac. Toda a programação tem entrada franca.

Ao falar sobre a festa, o prefeito Rubens Bomtempo convidou a população para prestigiar o evento e destacou que a abertura da festa coincide com uma importante data para aquele país. “Há 70 anos Hiroshima foi atingida por uma bomba atômica. Foi um fato que afetou profundamente aquele país e provocou – e ainda provoca – consternação em todo o mundo. Que os japoneses saibam que do outro lado do mundo há gente pensando neles. A força deles foi e sempre será um exemplo. Com esta festa vamos celebrar a vida, a cultura daquele país”, frisou.

O prefeito também lembrou as parcerias com o Japão – o município mantém um acordo Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) para a prevenção de desastres naturais. “Precisamos reconhecer e agradecer ao povo e ao governo do Japão. Estamos aprendendo muito com eles, sobre como prevenir e lidar melhor com os desastres naturais”, disse, ao lado do cônsul Kentaro Kato.

O representante do consulado lembrou que Brasil e Japão completam neste ano 120 anos de relações diplomáticas. “Temos uma relação longa e bastante próxima. Além disso, os Jogos Olímpicos, que no ano que vem serão realizados no Brasil, terão a edição seguinte no Japão, o que provoca ainda mais interesse dos japoneses pelo país”, lembrou.

A presidente da Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis, responsável pela organização da festa, em parceria com a Associação Nikkei de Petrópolis, fez um convite aos petropolitaos e também aos visitantes. “Convido todos os petropolitanos a usufruírem, até domingo, de tudo o que a cultura japonesa tem a nos oferecer. Sempre podemos crescer com essas trocas”. 

Programação variada no fim de semana

Muita diversão, apresentações artísticas e esportivas, descobertas, aprendizado de técnicas artísticas e um banho de cultura, além das delícias da culinária japonesa, estão na programação do Bunka-Sai para o fim de semana. O festival, que transformou o Palácio de Cristal em um pedacinho do Japão, terá atividades durante todo o dia neste sábado e domingo.

Às 11h, os esportes se farão presentes na programação de duas maneiras: na apresentação de Budô (o conjunto de artes marciais do Japão) e na modalidade de diversão (no jardim), para quem quiser participar do Undokai. Esta é uma nova atração da festa, que oferece brincadeiras como corridas de saco, corridas de pai e filho e outras. A demonstração das artes marciais será feita pela Academia Defender, instituição petropolitana que é a única no Brasil a ensinar a antiga arte do Kage-Ryu. A luta, que utiliza espadas, será demonstrada ao lado do Aikidô, Judô e Karatê. O Kage-Ryu foi criado há mais de 500 anos e deu origem a um dos mais importantes estilos atuais neste tipo de luta, o shinkage-ryu.

Em sequência, virá a apresentação de Taiko, os tambores do Japão (às 12h30 e às 18h), uma  atração que sempre empolga a plateia. As duas apresentações serão feitas pelo grupo Kaminari Taiko, da cidade de Valença. A música virá em três vertentes: com o Coral Hikari, de Valença(às 15h), com a Banda. J. Coração, que anima o público jovem com o pop rock japonês (20h30), e também com o Karaokê, para os que gostam de cantar (19h30 às 20h30). Para quem quer aprender alguma das artes nipônicas, as aulas são livres e incluem todo o material gratuitamente. Opções não faltam: oficinas de Ikebana (às 13h e às 14h), de Mangá (às 10 e às 16h) e um workshop de CosPlay (às 16h).

Na unidade do Senac, em frente ao palácio, a oficina gastronômica em que a professora Cibele Gonzales ensinará a fazer Temaki, às 10h. Para completar, ao longo do dia inteiro poderá ser conferida no Palácio de Cristal a exposição “A História da Imigração japonesa em Petrópolis”, apresentada pela Associação Nikkei de Petrópolis.

O Festival de Filmes Japoneses que está sendo promovido no Cine Humberto Mauro, no Centro de Cultura Raul de Leoni, terá duas sessões neste sábado. Às 14h, exibe o documentário “O crime que abalou a colônica japonesa”. À 17h, o desenho de aventuras “A viagem de Chihiro”. Ambos têm classificação livre. Em Nogueira, mais uma exposição: a de Origami, que pode ser visitada das 9h às 17h.

A programação completa do festival pode ser conferida no site da Prefeitura, o www.petropolis.rj.gov.br.
 

› FONTE: Ascom


sem comentários

Deixe o seu comentário