Macaé News
Cotação
RSS

Estouro na PM

Publicado em 08/06/2015 Editoria: Entrevista sem comentários Comente! Imprimir


A policial-cantora Aniara Rangel — Angelina Vox nome artístico — soltou a voz potente para um vídeo. Postado no último dia 27 de maio, no Facebook da Polícia Militar do Rio de Janeiro, com ela cantando “Run to You”, de Whitney Houston, já são 12 milhões de visualizações.

O feito mudou a vida da campista. Na última quarta-feira (3), Aniara foi a atração principal do Programa do Gugu, na Record, quando também se apresentou pela primeira vez com a Orquestra Sinfônica da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Na agenda futura, apresentações até na Europa, no segundo semestre. Pela primeira vez, em manhã de modelo, no sábado (06), sem o uniforme da PM, Aniara enfrentou os pinceis do maquiador Rogério Pontes e posou para lente fotográfica no Hotel e Pousada Cravo e Canela, em Campos, que abriu as portas para receber a mais nova celebridade do país. No mesmo dia, ainda, só que vestida com a camisa do Goytacaz, esteve no Estádio Ary de Oliveira e Souza, quando entrou com o time do coração em campo antes da partida contra o São Cristóvão. Com a volta de 360º na sua vida nos últimos 12 dias, Aniara ou Angelina Vox ou Angel Vox ou a soldado Rangel diz só estar “em busca da felicidade”.

Como quer ser chamada

Aniara Rangel — Aniara, Angelina... Meu Deus! Agora, estão falando em Angel Vox. E ainda sou a soldado Rangel, meu nome de guerra. Existem todas essas possibilidades e estou conversando para escolher um nome artístico definitivo. O público também gostou muito de Aniara, que é um nome indígena.

De policial a celebridade

Aniara — A sensação é de viver um ano em 10 dias. Ainda não acordei. Estou conversando com muitas pessoas. Vivendo um dia após o outro.

A policial

Aniara — No momento, não estou no asfalto. Estou cumprindo agenda da Secretaria de Imprensa da Polícia Militar. Ser policial sempre foi um sonho, que alcancei. Fiz curso, passei por São Gonçalo, pela Unidade da Polícia Pacificadora (UPP) do Morro do Alemão, pela sede do Batalhão da Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) em Niterói e estou em Campos, no posto da BPRv, na RJ 216, há um ano. Nesse posto, até recebi da população da Baixada Campista o apelido carinhoso de “a loira do BPRv” — sempre com muito respeito, e gostava.

Família

Aniara — É tudo. Meu esteio. Nesse momento, mais importante do que nunca. Minha irmã Gia tem sido a minha companheira. Está ajudando a segurar a onda, porque o frio na barriga é inevitável.

Programa do Gugu

Aniara — Estava nervosa. Nunca tinha me apresentado antes. E imagina: de repente, você está em um programa de auditório que passa no Brasil todo! Muito emocionada também fiquei quando vi que a Banda Sinfônica da Polícia Militar estava lá para me acompanhar. Isso sempre foi um sonho meu. Ainda não acordei (risos tímidos).

Voz potente

Aniara — Presente de Deus. Eu canto desde criança. Minha mãe cantava em coral e veio do circo. Meu irmão Rodrigo Rangel, da Banda Anamosca, sempre teve banda. Eu sempre cantei, mas canções gospel. Não sou de frequentar a noite, mas já participei com meu irmão de eventos. Então, sempre tive uma relação bem íntima com a música e isso começou dentro de casa.

Agenda

Aniara — No momento, a agenda é militar, com a Orquestra da PM. Para o dia 4 de julho, está marcada uma apresentação no Palácio Guanabara para o governador (Luiz Fernando Pezão). Tenho duas apresentações em Brasília, também no segundo semestre, a convite da Secretaria Nacional de Segurança e do Exército. E dois eventos fora do país com apresentação para a Polícia de Portugal e Espanha, na Europa.

12 milhões de visualizações

Aniara — Não é incrível? Nesse momento só penso em quem eu tenho que agradecer. A Deus, primeiro, a minha família (que já falei), à Polícia Militar, a meus amigos campistas Beto Batista e Júnior Marins, que produziram meu vídeo, que foi postado no Facebook da Polícia Militar. A produção foi feita em um dia em que eu estava com febre, mas eles conseguiram tirar o melhor de mim. Quanto à música escolhida (“Run to You”, de Whitney Houston), eu sabia que tinha que ser ela, quando, em uma conversa na cozinha da minha mãe, comecei a cantar e minha irmã chorou.

Estilo musical

Aniara — Pop Rock sempre foi a minha praia. Já tem compositores oferecendo música, sim. Também tenho músicas do meu irmão. Estamos avaliando. Antes disso tudo acontecer na minha vida, já estava montando uma banda: a Eletric Vox.

Referências musicais

Aniara — Nossa! Tenho raiz no samba! Meu pai, Rubinho da Maçã, sempre esteve envolvido com o Carnaval de Campos. Meu irmão tem a Banda Anamosca. Gosto de Cartola, Elis Regina, Clara Nunes, Roberto Carlos, Caetano Veloso. Fora os internacionais. Sou fã do U2. Uma infinidade.

Vida pessoal

Aniara — (Risos) Prefiro não falar a idade e nem da minha vida pessoal. Estou em busca da felicidade! (mais risos).

Folha da Manhã

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: