Macaé News
Cotação
RSS

Brasil Offshore 2015 fomenta perspectivas de novos negócios

Publicado em 03/06/2015 Editoria: Brasil Offshore sem comentários Comente! Imprimir


Brasil Offshore 2015 fomenta perspectivas de novos negócios

Brasil Offshore 2015 fomenta perspectivas de novos negócios

A terceira maior feira e conferência de petróleo e gás do mundo, a Brasil Offshore 2015, discutirá as novas perspectivas do setor, entre os dias 23 e 26 de junho, em Macaé. A declaração é do prefeito Dr. Aluízio, que acredita no fomento da indústria com a expectativa de novos negócios durante a oitava edição do evento, que acontecerá no Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho. O espaço, com 40 mil metros quadrados, abrigará as principais empresas do segmento, como a Petrobras, que se prepara para receber os visitantes em conjunto com a prefeitura.

A expectativa da organização é que a feira tenha um crescimento de 7% a 10% na edição deste ano. Para isso, são esperados cerca de 800 empresas, 50 mil visitantes, representantes de 38 países e mais de R$ 1 bilhão em negócios. A Brasil Offshore, organizada pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, em parceria com a Prefeitura de Macaé, terá as conferências "Perspectivas para a revitalização de campos maduros" e "O futuro do petróleo", além das Rodadas de Negócios.

- Em um momento que a exploração e produção teve uma queda, temos que discutir uma nova agenda jurídica como, por exemplo, o fato de termos uma operadora única, além das rodadas de licitações e o novo cenário da indústria do petróleo - destacou Dr. Aluízio.

A Prefeitura de Macaé prepara os últimos detalhes para receber os visitantes. A Reed Exhibitions Alcântara Machado já iniciou a montagem dos estandes. A feira, realizada no município, só perde em tamanho para a Offshore Technology Conference (OTC), realizada em Houston, Texas (EUA) e a Rio Oil & Gas, que acontece no Rio de Janeiro a cada dois anos.

A prefeitura terá um estande voltado para encontros e rodadas de negócios. Também serão destacadas as potencialidades da cidade, além de promover ações que visam atender os profissionais que atuam no mercado offshore. Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, Vandré Guimarães, a Brasil Offshore de 2015 é o primeiro grande evento após a consolidação da crise.

- O mercado não é apático e, por isso, esse é o momento ainda melhor para promover relacionamentos e, assim, obter resultados positivos para esse setor. Além disso, consolida Macaé como base da indústria de petróleo e gás nacional e reforça a inserção da região no mercado competitivo internacional - , frisa Vandré.

Para o coordenador de Vendas da Reed Exhibitions Alcantara Machado, Daniel Pereira, os empresários percebem a importância desse evento no ano que já se iniciou com a queda progressiva do valor do barril de petróleo, em plena crise financeira internacional. "Esse é o primeiro evento do ano do país do setor, com a vantagem de acontecer no centro da Bacia de Campos. É uma vitrine para as empresas internacionais que buscam oportunidades para investir em mercados emergentes. É um espaço para parcerias e troca de experiências. Já temos a participação do mesmo número de empresas fornecedoras de produtos e de serviços que em 2013, a maior das edições até então", disse.

› FONTE: ASCOM


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: