Macaé News
Cotação
RSS

Cidades do interior reduzem indicadores de criminalidade

Publicado em 14/05/2015 Editoria: Segurança sem comentários Comente! Imprimir


A parceria entre policiais civis e militares e a população contribuiu para a redução dos índices de criminalidade em cidades do interior. Graças a estes resultados, os profissionais lotados no 28º Batalhão de Polícia Militar (BPM), em Volta Redonda, 29º BPM, em Paraíba do Sul, 37º BPM, em Itaperuna, e 38º BPM, em Resende, receberam gratificações pelo Sistema de Metas e Acompanhamento de Resultados (SIM).

Os municípios de Paraíba do Sul, Resende e Itaperuna alcançaram o primeiro lugar, reduzindo os Indicadores Estratégicos de Criminalidade (Letalidade Violenta e Roubos de Veículos e de Rua) em mais de 30% no segundo semestre de 2014, na comparação com o mesmo período de 2013. Os policiais lotados nos três batalhões receberam bônus de R$ 13,5 mil. Já os agentes de Volta Redonda foram premiados com gratificação de R$ 5.316.

O comandante do 38º BPM, na cidade de Paraíba do Sul, tenente-coronel Oderlei de Souza, disse que o acompanhamento diário da incidência criminal foi essencial para construir uma estratégia de atuação que reduziu em 50% o índice de Letalidade Violenta (Homicídio Doloso, Latrocínio, Homicídio Decorrente de Intervenção Policial – Auto de Resistência e Lesão Corporal Seguida de Morte) e de 50% nos Roubos de Veículos e de 33% nos Roubos Rua ( a Transeunte, em Coletivo e de Celular).

– Contamos com o apoio de policiais dos setores administrativos, que, alternadamente, reforçam as ações operacionais sem prejudicar o trabalho interno. Como resultado, conseguimos coibir delitos mais frequentes na região, como roubo a transeuntes em pontos de concentração comercial. Todo o batalhão se dedicou com afinco para bater as metas, e acho que esse tipo de iniciativa contribui para aumentar a motivação dos agentes – afirmou o comandante.

Integração com a população ajuda na redução da criminalidade

Em Resende, o comandante do 37° BPM, tenente-coronel Wagner Moretzsohn, atribuiu a primeira colocação da unidade à parceria estabelecida com a Polícia Civil e a população. Na região, os índices de Letalidade Violenta foram reduzidos em 37%, os Roubos de Veículos diminuíram 76% e os Roubos de Rua caíram 66%.

– O apoio constante da Polícia Civil foi crucial para atingirmos as metas. Intensificamos o patrulhamento e fizemos um amplo planejamento, estudando as ocorrências criminais, analisando os indicadores e tomando as medidas específicas para resolver os problemas de segurança de cada região. Além disso, o estreitamento de laços com as comunidades é fundamental no processo, porque as pessoas passam informações que nos permitem fazer um policiamento mais planejado e apurado, com os agentes cientes dos perfis e das ocorrências de cada região – explicou Moretzsohn.

A área atendida pelo 29° BPM, em Itaperuna, registrou redução de 46% nas incidências de Letalidade Violenta, 50% em Roubos de Rua e 50% em Roubos de Veículos. O comandante do batalhão, tenente-coronel Sylvio Guerra, há quatro meses à frente da unidade, contou que o sucesso no combate à criminalidade foi reflexo da integração entre os policiais da unidade.

– A excelente gestão do comandante anterior do batalhão, o tenente coronel Marcelo Freiman, nos proporcionou essa premiação. Ele fez um trabalho de integração muito grande, mantendo os policiais informados sobre as movimentações das manchas criminais, as metas a serem batidas e sobre os desafios a serem enfrentados – afirmou o atual comandante.

Em Volta Redonda, o 28º BPM reduziu os roubos de veículos em 66%, os índices de letalidade violenta em 23,73% e os roubos de rua em 9,01%.

Ao todo, no Estado do Rio, 6.439 policiais civis e militares receberam bonificações entre R$ 4,5 mil e R$ 13,5 mil na terça-feira (12/5), em cerimônia realizada no Teatro João Caetano, no centro do Rio.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário