Macaé News
Cotação
RSS

Sesc no Parque da Cidade recebe críticas na Câmara

Publicado em 05/05/2015 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Vereador diz que governo não ouviu a opinião pública e diz que a falta de diálogo continua imperando no Executivo
Notícia publicada nesta terça-feira, 5, em um jornal da cidade, informando que “Sesc construirá sua mega unidade no Parque da Cidade”, recebeu críticas dentro da Câmara de Macaé, durante a sessão ordinária. O vereador Marcel Silvano, que desde o início de seu mandato defende que o parque seja ocupado por políticas públicas, disse ter sido surpreendido por uma iniciativa do governo que agora quer entregar o espaço público a uma instituição privada.

Na matéria, a notícia é de que a Secretaria de Desenvolvimento e o prefeito Dr. Aluízio negociaram com a direção do Sesc a troca do espaço físico de todo o parque pela edificação de uma unidade da instituição, um projeto orçado na ordem dos R$ 80 milhões. A informação vem justamente dias após o incidente envolvendo guardas municipais do Grupo de Ação Operacional (GAOP), que estavam alocados no Parque da Cidade e que foram alvos de tiros de criminosos.

“O vazio histórico no parque gerou desdobramento de violência e vemos nos jornais que o Sesc vai construir uma obra lá. A comunidade não foi perguntada, assim como os movimentos culturais e esportivos que poderiam ocupar aquele espaço. E mais uma vez parece que a saída é a falta de diálogo e invenção de receitas. E no fim das contas continua lá, sem ação concreta, e agora querem entregar a uma instituição privada”, lamenta Marcel.

O parlamentar disse que vai acompanhar o caso de perto e continuará na luta para que o parque seja ocupado por políticas públicas. “Torço para que o governo nos explique quais são essas fórmulas mágicas que as pessoas tiram da cartola. Não vemos garantia de melhorias no parque infantil, por exemplo, nem para as escolas que estão lá, em obras. Precisa ser feito algo para que o Parque da Cidade se torne uma área de lazer e cidadania à população”, ressaltou o vereador.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário