Macaé News
Cotação
RSS

Curso profissionalizou mulheres para enfrentar o mercado de trabalho e gerar renda.

Publicado em 22/12/2013 Editoria: Assistência Social sem comentários Comente! Imprimir


A noite desta quarta (18), foi de glória para cem mulheres de São João da Barra. A conquista do tão sonhado certificado profissionalizante aconteceu para as alunas dos cursos de Corte e Costura e de Culinária do Programa Mulheres Mil. A formatura consolidou a preparação para o mercado de trabalho, abrindo as portas para a geração de renda própria.

A cerimônia foi realizada no Cine Teatro São João e contou com a presença do vice-prefeito Alexandre Rosa, do vereador Alex Firme, da assistente social Elizabeth Sanz, do diretor do núcleo avançado do IFF em SJB Valter Luís Fernandes e da pró-reitora de extensão Paula Bastos, além da coordenadora do Mulheres Mil, Márcia Chrysóstomo. O programa acontece através da parceria entre o IFF e a prefeitura, via secretaria de Assistência Social. As mulheres que participam são beneficiárias dos programas sociais cadastradas nos CRAS (Cento de Referência de Assistência Social).

Elevação de escolaridade, desenvolvimento da cidadania e ocupação e renda são os objetivos que norteiam o programa Mulheres Mil, que através da profissionalização busca transformar a vida das mulheres e de suas famílias. “A desigualdade dos sexos ainda é uma realidade. Ter uma profissão e entrar no mercado de trabalho significa poder mudar esse quadro de injustiça social”, disse Paula Bastos na abertura da solenidade.

A certificação é a conclusão de uma etapa, mas não encerra a possibilidade de qualificação. Em 2014 o IFF vai oferecer mais 4 cursos: Recepcionista, Bordado, Artesanato e Agente de Desenvolvimento de Cooperativismo. O IFF terá uma nova sede, construída pela prefeitura. A obra está em fase de finalização e o novo espaço vai permitir a federalização do instituto, desonerando o município e permitindo a abertura de novos cursos, mais recursos para custeio de estudantes e novos empregos, já que a ampliação gera demanda de servidores federais.

Programa Mulheres Mil - Parte integrante do programa Brasil Sem Miséria, do Governo Federal. Tem como objetivo transformar a vida de mulheres que estão em situação de vulnerabilidade, proporcionando o revés, que é a sustentabilidade. Em São João da Barra, o Mulheres Mil já formou 240 mulheres e hoje forma mais 58, na sede da Upea. Além dos ensinamentos específicos, as alunas aprendem noções de gestão, cidadania, direito previdenciário, participam de oficinas de ética e aulas de matemática aplicada, português e informática. Visitas técnicas também fazem parte do currículo.

 

Fonte: Secom - SJB

› FONTE: Secom - SJB


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: