Macaé News
Cotação
RSS

Filme sobre festival de cinema de Macaé no Grande Premio do Cinema

Publicado em 28/02/2015 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


Do Petróleo e do Cinema, também slogan do festival

Do Petróleo e do Cinema, também slogan do festival

O documentário de 16 minutos, realizado pelo Núcleo de Produção Macaba Doce de Macaé, e dirigido pelo macaense Artêmio Macedo, registra fatos importantes ao longo dos quatro anos de existência do festival. Seus bastidores, as dificuldades, a opinião pública e toda a trajetória de sua história permeada de tragédias e vitórias. Permeado de depoimentos  de participantes do festival e narrado por membros da equipe, o filme que tem como título: Do Petróleo e do Cinema, também slogan do festival, deixa clara a intenção inicial do idealizador Thales de Moraes, falecido em 2012, e de João Rocha, diretor do festival, em transformar a cidade em um grande polo cinematográfico de difusão e produção, assim como Paulinia e outras cidades. Alçando voos mais altos, o festival ano passado tornou-se internacional, projetando a cidade de Macaé para todo o mundo, o que rendeu uma inesperada notoriedade.

Tendo exibido mais de 400  filmes ao longo de suas edições, o festival vem se destacando pela curadoria, que preza pela excelência; fato comprovado pelos inúmeros filmes indicados para o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, Cannes, Sundance, Berlim e tantos outros e ganhado a simpatia do público e da mídia.

Nos anos de 2013 e 2014 recebeu patrocínio da Petrobras e a participação ativa da Fundação de Macaé de Cultura, como co-realizadora, e que mesmo em meio a todas as dificuldades, conseguiu oferecer uma estrutura mínima para a realização do evento no Teatro Municipal de Macaé, mas este ano, a produção do festival ainda não recebeu boas notícias.

Apesar de já constar no Mapa da Cultura do Rio de Janeiro pela Secretaria de Cultura do Estado e constar em inúmeros guias nacionais e internacionais de cinema e festivais, o Macaé Cine - International Film festival  ainda não foi incluído no calendário anual da cidade, pelas autoridades locais.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário