Macaé News
Cotação
RSS

Luta principal de UFC em Chicago termina em vaias

Publicado em 26/01/2014 Editoria: Esporte sem comentários Comente! Imprimir


Neste sábado, Ben Henderson deu o primeiro passo para tentar recuperar o cinturão da categoria peso leve do Ultimate. Presente pela luta principal do UFC Fight Night em Chicago, nos Estados Unidos, Henderson venceu ex-campeão do Strikeforce Josh Thomson em confronto bastante equilibrado.

Após cinco rounds de muita luta agarrada, o ex-campeão dos leves foi declarado vencedor por decisão dividida dos juízes. O resultado polêmico foi muito vaiado pelo público presente na arena.

Durante o duelo de 25 minutos, os atletas arriscaram pouco na trocação. A maior parte do confronto foi realizada no solo ou na grade do octógono. Sempre que tinha a chance, Thomson derrubava seu oponente e já partia para as costas de seu adversário, buscando a finalização.

Com o resultado, Ben Henderson possui agora um cartel de 20 vitórias e três derrotas no MMA. Apesar de ter derrotado o lutador que enfrentaria Pettis em dezembro do ano passado, caso o campeão não tivesse se machucado, o triunfo por decisão dividida pode não ser o suficiente para Bendo ser o próximo desafiante ao título.

O duelo contra Henderson foi a segunda luta de Thomson pelo Ultimate desde que o lutador retornou à organização, em abril do ano passado. Após o revés, o atleta americano possui agora 20 vitórias e seis derrotas em seu histórico.

Napão perde

Napão foi derrotado na abertura do card principal Foto: AP
Napão foi derrotado na abertura do card principal
Foto: AP

Após fazer um bom primeiro round, Gabriel Napão não conseguiu manter o ritmo e foi derrotado por Stipe Miocic.O duelo que abriu o card principal terminou com a vitória do americano por decisão unânime dos juízes.

O primeiro assalto foi o mais equilibrado do confronto entre Napão e Miocic. Enquanto o americano era mais rápido na trocação, o brasileiro acertava golpes mais contundentes e conseguiu até uma derrubada.

A partir do segundo round, Napão cansou e apenas se defendeu, enquanto Miocic dominava o centro do octógono. Diante da passividade de seu oponente, Miocic evitou bem as quedas, acertou diversos golpes e não teve dificuldades para garantir a vitória na decisão dos juízes.

Com o triunfo, Miocic agora possui um cartel de 11 vitórias e apenas uma derrota no MMA. Já o brasileiro, que havia perdido apenas uma de suas últimas cinco lutas até então, teve sua boa sequência interrompida e possui agora 16 triunfos e oito derrotas em seu histórico.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário