Macaé News
Cotação
RSS

Mais de 80 mil pessoas celebram a chegada de 2015 em Macaé

Publicado em 02/01/2015 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


A cidade recebe essa grande festa  mas o principal artista é o cidadão

A cidade recebe essa grande festa mas o principal artista é o cidadão

O Réveillon das Cores, promovido pela Prefeitura de Macaé através da Fundação de Esporte e Turismo (Fesportur), reuniu mais de 80 mil pessoas, que festejaram a chegada de 2015. Ao todo foram seis palcos montados em diversos pontos da cidade, 12 atrações musicais e grande queima de fogos na noite da virada.

Prefeito de Macaé, Dr. Aluízio parabenizou a população macaense, desejando um feliz 2015 e destacou o objetivo da programação do réveillon das Cores.

- Nosso réveillon tem a proposta de oferecer alegria, respeito, segurança e qualidade de vida para o cidadão macaense. Queremos, cada vez mais, uma cidade boa para trabalhar e para se viver. A festa da virada foi democrática, com atrações musicais para todos os gostos. Os shows foram distribuídos em diversos pontos do município, buscando facilitar o acesso da população ao evento -, ressaltou.

No Palco Paz, entre a Lagoa de Imboassica e Praia do Pecado, Glauco Zulo subiu às 21h30 e comandou a festa cantando grandes sucessos e composições próprias. Depois foi a vez do tradicional bloco de rua do Rio de Janeiro, Bangalafumenga, ou “Banga” para os íntimos. O grupo, que utiliza instrumentos de percussão de escolas de samba, além dos metais, guitarra, cavaquinho e contrabaixo, cantou grandes sucessos da MPB, em um repertório com músicas de Tim Maia, Paralamas do Sucesso, Djavan, Jorge Ben e muitos outros, além, é claro, sambas consagrados.

O grupo estava no palco quando inicou a contagem regressiva para a virada do ano. Em seguida, um espetáculo de cores e luzes tomou o céu de Macaé por 15 minutos, para a alegria do público que lotou as areias e prédios do bairro. Fogos em forma de coracão, palmeiras, estrelas e outros efeitos contagiaram a multidão. Para o casal de turistas de Teófilo Otoni (Minas Gerais) Talita Lopes e Felipe Figueiredo, passar o ano novo em Macaé foi especial.

- Para nós foi maravilhoso. Uma experiência nova, pois é a primeira vez que passamos o réveillon na beira da praia. Ficamos encantados  com a organização, estrutura e a animação dos shows –, afirmou a professora de eduação física.

O presidente da Fesportur, Ricardo Salgado, destacou a forma ordeira como transcorreu a noite da virada e o empenho dos órgãos públicos envolvidos. Salgado agradeceu também o carinho da população que prestigiou o evento.

- A cidade recebe essa grande festa  mas o principal artista é o cidadão. Vimos milhares de famílias, grupos de amigos reunidos curtindo os shows e a queima de fogos em um clima de paz, amor e alegria. São esses sentimentos que queremos que prevaleçam neste novo ano. O trabalho em conjunto com diversos órgãos públicos foi recompensado com uma linda evento e, o principal, sem incidentes –, destacou.

Festa em outros pontos

O Réveillon das Cores também contagiou o público em outros cinco pontos da cidade. Na Praia da Barra, no Palco Energia, Fabio Santana e Dudu Nobre fizeram a festa dos presentes. Já no Bar do Coco, Thiago Mastra foi o primeiro a subir no Palco Sucesso. Depois foi a vez do sambista Arlindo Cruz cantar seus maiores sucessos e fazer a contagem regressiva para queima de fogos.

No Lagomar, os fogos também coloriram a festa e, no Palco  Energia, Maxbadauê e Empolga às 9 foram as atrações musicais. Além dos quatro pontos na cidade, a região serrana também teve uma programação especial neste réveillon com shows no Palco Amor, em Córrego do Ouro, com Jairo o Poeta e Swing Explosão; e no Palco Esperança, no Sana, com Dom Luiz e Raiz do Sana.

› FONTE: ASCOM


sem comentários

Deixe o seu comentário