Macaé News
Cotação
RSS

Depilação: ritual de beleza da mulher requer cuidados especiais no verão

Publicado em 24/01/2014 Editoria: Beleza sem comentários Comente! Imprimir


Michelle Neto/RJNEWS

Michelle Neto/RJNEWS

» Evitar a exposição ao sol antes e depois do procedimento é fundamental e uso de bloqueador solar indispensável
 
O verão está aí - época de tirar do armário saias, regatas, vestidos e shorts mais curtos. Neste período, as mulheres buscam estar com o corpo em dia para desfilar pelas praias e, estar com a depilação em ordem é essencial para quem deseja usar e abusar de roupas mais curtas e também encarar sem medo um belo biquíni. É muito bom ter uma pele lisinha e bonita, mas para garantir um bom resultado e se sentir à vontade, vale a pena investir em cuidados especiais para eliminar aqueles pelinhos indesejáveis nas pernas, axilas e virilha.
 
A depilação requer cuidados também para que alguns incômodos como manchas, irritações e pelos encravados não estraguem um dia de sol e não prejudiquem a saúde da pele, tanto de mulheres quanto homens, que estão cada vez mais se preocupando em estar bem com o corpo. A proprietária de um instituto especializado em depilação do Centro
de Rio das Ostras, Thalita Valoura, diz que os cuidados quanto a depilação devem ser tomados em qualquer estação do ano, só que durante o verão a pele fica mais sensível e a atenção com a depilação deve ser redobrada. “É fundamental que a pessoa não se exponha ao sol antes e nem 48 horas depois da depilação. Quando alguém depila uma parte do corpo, é tirada a primeira camada de proteção da pele. Por isso, o ideal é que se faça uso de um bloqueador solar, pois pode dar diferença na tonalidade da pele, que está mais sensível”, orienta a proprietária do Depilisse.
 
As ceras mais comuns utilizadas para depilação são a quente e a fria. Para muitas mulheres, sempre surgem dúvidas quanto a mais apropriada nesse processo. Segundo Thalita, a cera quente abre mais os poros e os pelos se abrem com mais facilidade na raiz, o que causa menos incômodo. Quanto a temperatura, ela diz que o ideal é utilizar a máquina que dá o termostato correto de 36º C, que é a temperatura do corpo humano. “Mas se a pessoa vem da rua debaixo de muito sol, ela vai sentir que a cera está ainda mais quente”, ressalta a empresária.
 
Existem diferentes métodos de depilação com cera. No entanto, Thalita destaca que o instituto trabalha, atualmente, com a cera elástica, que está sendo bastante procurada pelo público feminino e também masculino. Trata- -se de um método europeu ou espanhol, no qual a cera tem uma consistência elástica, que pode ser usada em qualquer parte do corpo. “Não é uma cera chapada no corpo. Ela desliza e se molda na região que vai ser depilada, facilitando a retirada da cera sem quebrar os pelos direto da raiz. Além disso, essa cera hidrata a pele enquanto depila. É um procedimento bem mais rápido, prático e menos doloroso e tem agradado muito os homens. Para eles, a depilação deixou de ser somente vaidade e sim um cuidado a mais com a higiene”, finaliza.
 
OUTRAS ORIENTAÇÕES
- Evitar o uso de ácido e produtos com álcool antes e depois da depilação; 
- Não usar roupas muito coladas após processo depilatório, pois a pele precisa respirar; 
- Depilação em período menstrual também não é indicada. Pele fica mais sensível e pode causar mais dor.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: