Macaé News
Cotação
RSS

Criança morre asfixiada; motorista nega abandono

Publicado em 13/12/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Depois de mais de três horas de depoimento, uma motorista de transporte escolar nega ter abandonado a criança de 2 anos morta asfixiada em um carro, na zona norte do Rio de Janeiro. Claudia da Silva, de 33 anos, disse que passou mal e desmaiou ao parar o automóvel e não admitiu ter deixado o garoto sozinho e trancado por mais de 2 horas.

O delegado Gustavo Melo, responsável pelas investigações, afirmou não ter elementos suficientes para saber se houve negligência. Isto porque o celular da condutora tinha cinco chamadas não atendidas e mensagens não lidas durante o período em que alega ter desmaiado.

Gabriel Martins Alves de Oliveira sofreu convulsões, foi socorrido pela motorista, mas morreu antes de dar entrada no hospital, ontem à tarde, quando a sensação térmica passava de 40ºC. A vítima seguia para a creche em Jardim América.

A família do menino também foi ouvida na delegacia e disse que há oito meses pagava pelo serviços de transporte escolar, que não era legalizado.

A motorista pode ser indiciada por abandono de incapaz, se for comprovado que deixou a criança no veículo.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário