Macaé News
Cotação
RSS
Interart - Por Interart

Interart Por Interart

Interart - Por Interart

Trupe-Açu na Interart Palmas

Publicado em 04/10/2016 1 comentário Comente!

Trupe-Açu

Trupe-Açu

Se o palhaço é o verdadeiro mágico do circo, realizando a mais bela das mágicas: arrancar sorrisos da plateia, durante a Interart Palmas  encontrei  algumas  palhacinhas  vivenciando a arte de rir, estou falando da Cia Trupe-Açu formada por mulheres que  utiliza a arte do circo para  e afastar a tristeza e encher qualquer ambiente de alegria. 

 

A Trupe-Açu surgiu no ano de 2010  no distrito de Taquaruçu - Palmas - TO,  no intuito de mergulhar mais no mundo do circo e da palhaçaria,   buscando desenvolver uma comicidade única e regional,  ancorada nos preceitos de mestras e mestres a qual tiveram a oportunidade de aprender, visando  espalhar a arte circense no estado do Tocantins. A trupe desde a sua  fundação pela artista Ester Monteiro,  valoriza a arte do circo realizada por mulheres, atualmente é composta pelas artistas brasileiras Giovana Kurosvik ( A Palhaça Girassol) Itiane Ferreira( Palhaça Sinaleira) Mayara Busch( Palhaça Cacau) Ester Monteiro(  Palhaça Tapioca)  e agregando um homem o  artista argentino Gerônimo Campelo (Palhaço Mixirica) e como dizem os  integrantes suas apresentações são  uma palhaçada , portanto ficou a cargo do  Produtor Darlan Soares(Tato) ficar ao invés de diretor do espetáculo  , coube o cargo de trombada ou seja a falta de direção , pois ele dá o norte do espetáculo, mas os integrantes sempre praticam o improviso, realizando uma bagunça organizada , dessa forma demonstrando a alegria com que essa trupe se destaca das demais , encantando a todos os que são presenteados com sua arte.

 

Em 2011 disseminaram o circo na capital do Tocantins via  um projeto social realizado na Casa do Artesão,  através do ponto de cultura Casa de Caboclo, trabalhando várias linguagens dentro do circo como, perna de pau, malabares, palhaçaria, tecido acrobático, manipulação de objetos, equilíbrio, foi quando realmente o circo chegou na região de Palmas, mais precisamente em Taquaruçu e a partir desta ação deu  origem a outros projetos sociais na região.

 

Em 2013, a trupe inovou sendo  escrito e implantado  o espetáculo “A Caixinha De Segredos” , falando de uma lenda do Tocantins tudo isso usando a elementos do circo construindo uma identidade com a região.

Em 2014 lançaram a escola livre de palhaças, onde começou um projeto com oficinas e espetáculos assim estudando mais a fundo o universo da palhaçaria, trazendo todas as realidades de uma palhaça, transformando gagues  que são esquetes tradicionais de circo e que antigamente todas foram construídas por homens e para homens e com a Trupe-Açu trouxe  esta experiência para o universo feminino e assim trazendo as palhaças para o protagonismo do mundo da palhaçaria , mundo este normalmente ocupando  homens e  agora sendo apresentado por mulheres (palhaças) em todos os espaços públicos, escolas, teatros parques levando a história do circo, com uma regionalidade Tocantinense.

A Cia ainda representa o estado do  Tocantins em eventos, levando  o artesanato, cantos, contos, dialetos, e os trejeitos isso tudo misturado com a palhaçaria tradicional brasileira e atua até hoje trazendo mais adeptas e adeptos para o mundo do palhaço, fortificando a rede de circo do estado do Tocantins.

Atualmente traz para cena de Palmas debates mais completos das palhaças de todo o mundo, trazendo a mulher como protagonista, através de rodas de conversas, espetáculos, oficinas e vivência em várias áreas de descoberta dentro da máscara do palhaço onde a mulher palhaça se desperta,  para uma nova forma de ver o mundo.

Criando um intercambio cultural a Cia  ainda frequenta festivais de circo em varios pontos do Brasil e do mundo, levando sua arte e  valorizando os mestres de cada região , este respeito as artes de raiz se deve  ppor  seguirem  os ensinamentos de grandes mestres regionais  tais como : As Marias da Graça, Wetenberg Nunes, a família Tawera, Esio, Magalhães(palhaço Zabobrim), Genesio do Tocantins Val de carvalho, Téofanes Silveira (palhaço Biribinha) Dorivã (Passarim do jalapão) Marcio Belos(Tambores do Tocantins) Andria Leal  bem com outros que tiveram  contatos direta ou indiretamente através da sua história.

Dados da Fundadora  e da Cia  Trupe-Açu:

Ester Monteiro: Nascida em 21/07/1987 no estado de Goiânia-Goiás reside na região de Palmas To , mais precisamente em Taquaruçu há mais de 20 anos,  formada em Gestão de turismo,  atua como palhaça, coordenadora do ponto de cultura Casa de Caboclo, arte educadora, contadora de história, Mãe, militante dos direitos da mulher no mundo e através de parceria tem a   sua sede  da Cia localizada na Casa do Artesão de Taquaruçu Vale destacar  além do apoio cultural  oferecido  por nossa coluna a Cia  Trupe-Açu , também  foi convidada a participar e ter estande  em todos os eventos ligados a Feira Internacional de Artesanato e Decoração a serem realizados no Brasil e organizados pela Interart  .

Contato:

   https://www.facebook.com/circo.taquaras/?fref=ts

 

 

 

 

 

                                                                      Créditos Fotos :  Josélia Fasao Rj  e  Viuler Bernado

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Interart

Por Interart

Agenda

+ eventos

Classificados

+ anúncios

1 comentário

Deixe o seu comentário
Digite as palavras abaixo: