Macaé News
Cotação
RSS
Interart - Por Interart

Interart Por Interart

Interart - Por Interart

Educação ambiental tem intensa participação da Microcamp Araçatuba!

Publicado em 22/09/2015 sem comentários Comente!

O secretário da SMMAS, Jorge Hector Rozas e o ambientalista Osvaldo Almeida Jr também participaram do plantio de mudas, na Av. Fundadores

O secretário da SMMAS, Jorge Hector Rozas e o ambientalista Osvaldo Almeida Jr também participaram do plantio de mudas, na Av. Fundadores

Muita coisa tem mudado em Araçatuba. E uma parte dessa mudança, acontece graças à Microcamp Araçatuba e Interart Social que juntas, estão cada dia mais comprometidas com a educação ambiental e projetos sociais em Araçatuba e região. O objetivo é levar ações e programas sustentáveis para todo o Brasil, inclusive para Macaé, apoiando ONGs, Prefeituras e empresas que com suas ideias e eventos solidários visam informar a população, além de conscientizar para a preservação do Meio Ambiente e melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Com isso, nesta terça-feira, 22/09/2015, às 8h, foi realizado juntamente com a Prefeitura de Araçatuba por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SMMAS) em parceria com a Interart Social e apoio da Microcamp Araçatuba, o plantio de 44 mudas na Rua dos Fundadores até a Avenida Waldir Felizola de Moraes. Antes do plantio, é realizado o trabalho de corte nas calçadas com o apoio de reeducados do CR (Centro de Ressocialização) de Araçatuba, para que depois seja feita toda a programação, escolha de espécies e adubação pelo Técnico Agrícola da SMMAS, Andrigo Campos. Ao total foram 300 mudas, entre distribuídas e plantadas. Participaram da ação o secretário de Meio Ambiente, Jorge Hector Rozas e o empresário e ambientalista, Osvaldo Almeida Junior.

Mais tarde, às 14h, foi realizada na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SMMAS), localizada dentro do Parque da Fazenda do Estado, uma educação ambiental com os participantes da Oficina Terapêutica da Associação de Apoio à Saúde Mental de Araçatuba (ASAS), que sempre são muito bem recebidos e possuem uma relação de afeto pelo parque.

Ao chegar ao Parque da Fazenda, era notória a empolgação dos 20 jovens ali presentes que mesmo com muitos bichinhos em volta, aproveitavam a paisagem caminhando em pares. A curiosidade e o interesse deles pelas árvores era gostoso de ver, até jatobá eles comeram e tudo ali eles queriam aprender. Muitos disseram gostar do passeio, além de relaxarem e qualquer desafio toparem. Novas amizades foram feitas, com lindos sorrisos em fotografias e um lanche no final da tarde despertou gargalhadas e muitas brincadeiras. A psicóloga e coordenadora da ASAS, Mirella Martins Justi, diz "os parques ecológicos fazem muito bem para os participantes, além do passeio e deles estarem aprendendo muita coisa. O ambiente natural também os deixa calmos por vários dias seguidos, diminuindo a ansiedade e a gente acaba passando o dia aqui e que depois vai refletir em vários outros dias."

Os jovens também perguntaram muito sobre o Pau Brasil, por causa do descobrimento, além de uma árvore nativa da Amazônia e que na região de Araçatuba existem poucos exemplares, sendo esta chamada de Pau Mulato. “O Pau Mulato é difícil de plantar, pois o fornecimento de sementes é complicado, graças ao seu pequeno tamanho. É necessário forrar o chão, para que só assim as mudas se formem.” – explicou Valdir Cosmo, diretor de Educação Ambiental na SMMAS.

Mas a maior e mais deslumbrante árvore do Parque da Fazenda do Estado, ainda é o Jequitibá Branco, considerada uma das maiores do Brasil. No parque também tem árvores sustentáveis, como a Jericatiá, que olha só que maravilha: Por conta da sua polpa ser semelhante ao chocolate, consegue substituir bem o cacau, deliciando os verdadeiros chocólatras! Pena que só o índio faz a preservação dessa beleza, tirando apenas uma parte dela e colocando barro na onde foi cortado, permitindo assim que a mesma se reconstrua. Já os lenhadores a cortam por completo, provocando mais destruição na natureza.

Tal programação faz parte da Semana da Árvore, que acontece todos os anos com a chegada da Primavera e a comemoração do Dia da Árvore, no dia 21 de Setembro. O intuito é conscientizar mais a população sobre a importância de se preservar o meio ambiente e que com simples atitudes podemos sim melhorar e preservar a biodiversidade do nosso planeta.

Por Osvaldo Almeida Jr.

Interart

Por Interart

Agenda

+ eventos

Classificados

+ anúncios

sem comentários

Deixe o seu comentário
Digite as palavras abaixo: