Macaé News
Cotação
RSS
Direito, Politica e Cidadania - Por Helio

Direito, Politica e Cidadania Por Helio

Direito, Politica e Cidadania - Por Helio

DA CRISE POLÍTICA À CRISE INSTITUCIONAL E O GOLPE NO BRASIL.

Publicado em 08/03/2015 sem comentários Comente!

.

.

Daqui pra frente tudo vai ser diferente!

A divulgação da lista dos políticos investigados! É o início de um tsunami! 

O ano de 2015 deve entrar para a história do país como o ano da crise, ano em que ocorreu a maior e mais importante crise POLÍTICA E INSTITUCIONAL desde o Mensalão do PT e até mesmo desde o impeachment de Fernando Collor em 1992.

Os partidos, com exceção dos pequenos partidos programáticos e ideológicos, como o PSTU e PSOL, por exemplo, se transformaram em máquinas: de disputar eleições, de ocupar cargos na burocracia do Estado e de repartir o dinheiro dos órgãos públicos.

Muito já se disse e se escreveu sobre os Políticos, os Partidos e o Mensalão do PT e agora sobre o os Políticos, os Partidos e PETROLÃO DO PT - esquemas de corrupção na Petrobras investigado pelo Ministério Público Federal e a Policia Federal na operação Lava-Jato. De tudo que já foi dito, escrito e que me foi possível perceber, é que tenho mais dúvidas do que certezas e mais perguntas do que respostas.

Mas uma coisa é fato, a relação dos nomes dos primeiros políticos envolvidos nos esquemas de corrupção na Petrobras pegos na operação Lava-Jato, ampliou a crise política em Brasília, e pode gerar uma crise institucional que acabe cominando com um GOLPE DE ESTADO.

Hoje, com apenas duas delações premiadas, já temos aproximadamente 10% do congresso comprometido. 

Congresso este que futuramente decidirá se mantém ou não mantém o Procurador Geral (Chefe do Ministério Público Federal) no cargo; que aprovará o nome do novo ministro do STF e que é responsável pela CPI da Petrobras.

Situação esquisita! CPI da Petrobras formada por parlamentares que receberam doação de campanha das empresas processadas no esquema de corrupção da Petrobras.

Situação ainda mais esquisita! Os investigados influenciarem na indicação do novo Ministro do Supremo que será um dos encarregados de julgar os processos que eles respondem.

É isso! O congresso comprometido decide quem o investiga e quem o julgará, e mais, decide se VAI OU NÃO JULGAR a Presidente. 

Enquanto isso Dilma segue imune a qualquer AÇÃO JUDICIAL referente aos desvios de verbas da Petrobras e certamente também não será julgada por CRIME DE RESPONSABILIDADE, pois este julgamento compete ao Senado.

Fontes dão conta que se o Ministério Público cumprir à risca seu dever constitucional, a lista dos processados vai crescer, e num efeito cascata o número de processados no Senado federal pode chegar a 65% e na Câmara dos Deputados a 71 %.

Em Brasília os investigados se encastelam no poder, desqualificam o Ministério Público e avisam: se eu for condenado eu LEVO TODO MUNDO JUNTO.

Enquanto isso cresce a crise econômica e financeira. Nas redes sociais cresce a suspeita de que o governo Dilma pretende um confisco das contas corrente e das poupanças, confisco este fruto de “preciosa” peça “bolivariana” Petista, cópia mal feita do mal sucedido projeto cubano e venezuelano que propõem a criação de um confisco denominado “Poupança Fraterna”. 

Crise política, institucional, econômica e financeira! Congresso; Judiciário e Executivo desacreditado. Equilíbrio constitucional comprometido. Momento ideal para um confisco e um golpe de estado?

Diante do quadro, uma das poucas certezas que tenho é que vivenciamos uma crise econômica, política e institucional e um profundo mal-estar com a democracia no país. 

Pesquisas revelam que 75% não confiam nos políticos, nem nos partidos e que 69% também não confiam na justiça.

A questão é que desde que o PT chegou ao poder os partidos políticos e as empresas públicas viraram “clubes” privados de “oligarquias locais, que usam o público para seus interesses privados”.

No meio dessa crise institucional, uma certeza: O ALERTA VERMELHO está aceso! Seus direitos estão sendo roubados, solapados, diminuídos, ao mesmo tempo que está em curso um golpe de estado! Ou, mais precisamente, uma tentativa de golpe.

A menos que você seja um membro do “clube”, do MST, do Foro de São Paulo, do PT ou de uma dessas siglas que aparelham o governo como forma de expressão política é melhor ficar atento.

Para quem tem memória curta, vale lembrar que o “Foro de São Paulo” na verdade é um movimento comunista que defende a ditadura do proletariado, e do qual o PT faz parte, e que está atuante no Brasil, com toda uma técnica e estratégia de instalação de uma ditadura do proletariado. 

ACORDA BRASIL! Se um grito de indignação não for dado, 2015 pode não ser só o ano da crise e da perda dos seus direitos, mas pode também ser o ano do golpe da esquerda.

 

Direito, Politica e Cidadania

Por Helio

Agenda

+ eventos

Classificados

+ anúncios

sem comentários

Deixe o seu comentário
Digite as palavras abaixo: