Macaé News
Cotação
RSS
Carreira e Sucesso - Por Reginah Araújo

Carreira e Sucesso Por Reginah Araújo

Carreira e Sucesso - Por Reginah Araújo

O que aprendi com a pedra no sapato, digo, rim.

Publicado em 09/11/2014 sem comentários Comente!


Pense numa pessoa ativa! 24 horas bem aproveitadas. Vendas, pós vendas, escritora, treinamentos, esportes, casa, família, amigos...

E ainda sobra tempo para uma dança de salão.

Todo o tempo bem administrado e sempre com agenda lotada.

De repente tudo parou! Caos total!

Primeiro uma dorzinha nas costas, um tandrilax resolve, deve ser coluna.

Sexta feira, que não era 13, mas foi de muito azar.

Uma dor mais forte que o normal, insuportável!  Como estar à beira do abismo, prestes a cair.

Hospital, exames, soro e a dor continua. Aumentando gradativamente e intensamente. Pense numa dor insuportável!!!

Agenda lotada, compromissos inadiáveis?

Eu falo todo o tempo que em nossa vida tudo, absolutamente tudo é emprestado, menos os nossos pensamentos, deles podemos mover nossas vidas.

E cá estou eu provando da minha teoria.

Minha saúde também?

Sim, Reginah, sua saúde também.

O tempo passa e a certeza que a tolerância é a maior de todas as virtudes se faz a maior certeza neste momento.

Tolerar significa suportar levemente à contra gosto e existem coisas nesta nossa existência que não podemos mudar então aceitá-las se torna um grande aliado para sermos mais tranquilos e alcançarmos a paz interior.

Entendi melhor sobre a pontuação.

Virgula, significa dar um tempo.

Ponto e virgula; uma pausa um pouco maior.

Ponto final significa parar.

A importância dessas pontuações em minha vida agora é fundamental!

Às vezes somos tomados por situações que nos fazem refletir sobre nós mesmos e eu amigo leitor, tinha muito que aprender.

O que a pedra no meu sapato, digo, rim me ensinou:

-       A ser mais paciente comigo mesma e com as pessoas à minha volta.

-       A me tornar mais solidária ainda com os que sofrem de qualquer mal.

-       A aceitar ajuda sem resistência.

-       A encarar a realidade de que nem todos estão prontos para te socorrer no momento em que você mais precisa.

-       A perceber breves momentos de felicidade.

-       Que a felicidade está realmente em pequenos detalhes.

-       Que estar mais presente com nossos filhos vai fazer muita diferença no futuro deles e no nosso.

-       Que cuidar de nós mesmos deve ser um ritual que devemos levar muito à sério, por toda nossa existência.

-       Que uma alimentação saudável é uma escolha pessoal e não uma decisão do meio em que vivemos.

-       Que as desculpas para não nos amarmos vão existir sempre, cabe a nós escolhermos desculpas ou resultados.

-       A valorizar mais a mim e menos ao outro.

-       A olhar o outro com compaixão ao invés do julgamento atroz.

-       A selecionar com cautela nossa agenda, priorizar o que realmente interessa e vá nos trazer resultados importantes hoje, amanhã e sempre.

-       Saber descansar durante o dia nem que sejam breves minutos.

-       Tirar férias semestrais.

-       Orar mais.

-       Refletir sobre nossa vida e o que estamos fazendo dela.

-       Estarmos mais próximos das pessoas que amamos.

-       Nem sempre as pessoas mais próximas ou as que estão diariamente conosco serão as que nos prontificarão a ajudar.

-       Nem sempre as pessoas que se prontificam a te ajudar te ajudam de verdade.

-       Sonhar e planejar mais.

-       Dar importância somente aquilo que têm importância verdadeira.

-       Agradecer sempre àqueles que nos ama e nos valoriza.

-       Viver mais intensamente nossas histórias.

-       Criar histórias novas a cada dia.

Meus amigos leitores, hoje estou bem melhor, a pedrinha ainda está aqui me incomodando profundamente, só que diferentemente de dez dias atrás hoje me sinto renovada.

Não conformada, e sim recuperada.

Vocês devem estar se perguntando, se a dor persiste, a pedra continua, que louca...Recuperada de quê?

Da insanidade de não viver intensamente e dando valor ao que nem era tão importante.

Um dia, um minuto, um segundo com saúde e com pessoas que amamos vale mais que um ano vivendo por viver!

Aprendi a vou usar mais a virgula, ponto e virgula, ponto de exclamação e às vezes o ponto final!

E hoje...Estou mais para reticências...

 

 

 

 

 

 

Carreira e Sucesso

Por Reginah Araújo

sem comentários

Deixe o seu comentário