Macaé News
Cotação
RSS
Acosta e seu blog - Por Acosta

Acosta e seu blog Por Acosta

Acosta e seu blog - Por Acosta

Um tributo à Macaé pelos seus 207 anos de emancipação

Publicado em 29/07/2020 sem comentários Comente!


Parabéns, Macaé, “Princesinha do Atlântico”, “Capital do Petróleo”, pelos seus 207 anos de emancipação político-administrativa. Sua história, que começou oficialmente em 1627, com a colonização portuguesa, nos conta muitas lendas a seu respeito. Uma delas é a da santa fujona da Igreja de Sant’Anna, marco da colonização e a outra é o enforcamento de Motta Coqueiro, último homem condenado à morte no país. Sabe-se que Coqueiro, jurando inocência pelo assassinato de uma família de fazendeiros lançou uma praga sobre a cidade antes de morrer. Coincidentemente, Macaé só se desenvolveu 100 anos após sua morte, com a chegada da Petrobras.

Neste tempo de coronavírus em que todos se recolhem numa quarentena forçada, não teremos as comemorações cívicas de praxe que ao longo destes 20 anos, vivendo aqui tenho visto ano a ano. Os eventos de ordem social e cultural como as competições esportivas, desfile cívico, exposição agropecuária e shows, entre tantos estarão postergadas ao pós-Covid 19 no mundo... Felizmente, temos o progresso da comunicação digital que nos permite ver e apreciar manifestações em lives... Por sua vez, o Legislativo macaense homenageia online personalidades que contribuíram para o desenvolvimento da cidade ao longo dos últimos anos. 

Quanto a nós, precisamos comemorar sim sua história, sua gente acolhedora, seus recantos culturais e pitorescos... É preciso citar ainda seu rico patrimônio turístico que tanto atrai por sua natureza exuberante encontrada na Serra Macaense, tais como o Peito de Pombo, as cachoeiras do Sana, da Bicuda Grande, de Glicério e o Poço da Siriaca, entre outros...

É preciso amar a cidade em que se vive. Parabéns Macaé, minha terra querida!... “Onde o mar beija a areia morena, onde o rio se encontra com o mar, onde sol banha a terra serena tu estás Macaé a sonhar... Macaé, minha terra querida, se os anos te fazem crescer, para nós tu és terra onde a vida, fica sempre em constante nascer”. É preciso amar a cidade. É preciso amar Macaé!...

________________________

Jornalista Lourdes Acosta

Macaé, 29/07/2020.

 

Acosta e seu blog

Por Acosta

sem comentários

Deixe o seu comentário