Macaé News
Cotação
RSS
Acosta e seu blog - Por Acosta

Acosta e seu blog Por Acosta

Acosta e seu blog - Por Acosta

Decreto do Executivo obriga o uso de máscaras em Macaé

Publicado em 11/04/2020 sem comentários Comente!


A partir do próximo dia 20 deste mês, todas as pessoas que estiverem exercendo atividades laborais no município de Macaé, deverão usar máscaras. Neste tempo em que um terço da população mundial está em isolamento por causa do coronavírus (Covid 19), o governo municipal toma medidas de prevenção. Trata-se do decreto nº 051/2020, assinado neste sábado (11), determina o uso obrigatório de Equipamento de Proteção Individual (EPI).

As máscaras de proteção individual, não hospitalares ou não cirúrgicas, deverão ser produzidas em conformidade com o que estabelece a Nota Informativa n.º 3/2020-CGGAP/DESF/SAPS/MS, do Ministério da Saúde.

Para garantir a disponibilidade de EPI no âmbito da cidade, fica permitido, a partir desta segunda-feira (13), o funcionamento de armarinhos, ateliês e confecções, que tenham capacidade de comercializar insumos e produzir máscaras de proteção individual para auxílio no combate e contenção da pandemia de coronavírus no município de Macaé. No entanto, não está autorizada a abertura dos estabelecimentos mencionados para atendimento presencial, devendo os pedidos serem realizados por meios eletrônicos e as entregas serem feitas em sistema de delivery (entrega).

O descumprimento das normas estabelecidas no novo decreto resultará na cassação, do Alvará de Funcionamento, além das penalidades previstas nos artigos 268 e 330 do Código Penal Brasileiro.

Casos de coronavírus registrados - O Centro de Triagem do Paciente com Coronavírus de Macaé realizou, até sábado (11), 35 atendimentos. Foram notificados 11 casos de síndrome gripal e nenhum encaminhamento para o Hospital Público Municipal (HPM). A cidade registra 20 casos de coronavírus confirmados e mais um óbito, de um homem de 58 anos, com cormobidades (ocorrência de duas ou mais doenças relacionadas no mesmo paciente e ao mesmo tempo). Com este, o município registra três óbitos.

Os 11 casos de síndrome gripal são entendidos como febre, associada a sinais e sintomas como tosse, dificuldade de respirar, produção de escarro, congestão nasal ou conjuntival, dificuldade para deglutir, dor de garganta, coriza, saturação de oxigênio menor de 95%, sinais de cianose (coloração azul-arroxeada da pele), batimento das asas do nariz, tiragem intercostal e dispneia. A síndrome gripal pode ser leve, moderada ou grave.

A informação da central de notícias da Prefeitura é que o paciente só é encaminhado ao HPM quando apresenta síndrome respiratória grave, febre alta, tosse intensa e falta de ar importante. O Centro de Triagem funciona 24 horas no antigo Centro de Saúde Dr. Jorge Caldas. O endereço é Rua Tenente Coronel Amado, 225, no Centro. Os telefones são 2796-1015 e 2796-1344.

_______________________

Fonte: Secom Macaé.

Postado e editado por

Jornalista Lourdes Acosta

Macaé 11/04/2020.

Acosta e seu blog

Por Acosta

sem comentários

Deixe o seu comentário