Macaé News
Cotação
RSS
Sexo Verbal - Por Fabielly Vasconcelos

Sexo Verbal Por Fabielly Vasconcelos

Sexo Verbal - Por Fabielly Vasconcelos

CICLO DA RESPOSTA SEXUAL HUMANA

Publicado em 06/06/2018 sem comentários Comente!

Imagem do slide da XI jornada de Ginicologia

Imagem do slide da XI jornada de Ginicologia

A sexualidade humana, apesar de exaustivamente explorada pela mídia, que acaba ditando padrões de comportamento ditos “liberais”, continua sendo um tema cercado por desconhecimento e tabus, e até preconceitos. A abordagem por si só, pode até levar a ima informação incorreta e destorcida do tema.

O ato sexual envolve muitos fatores, além de todos nossos sentidos, não é uma simples  relação amorosa, como aparece em filmes, tv’s ou internet. O ciclo da Resposta Sexual Humana, ou seja, o ato sexual em sim, do começo até o final, passa por etapas nas quais vou explicar nesse texto:

As etapas da resposta sexual vêm recebendo influências e modificações estarei escrevendo dentro do tripé biopsicossocial apresentado por Masters e Johnson, esses dois cientistas foram os primeiros a analisar pessoas em um ato sexual, isso na década de 70, imaginem a repercussão na época. Logo após Kaplan, outra pesquisadora, que introduziu outra etapa ao ciclo demonstrado por Masters e Johnson. A relação sexual bem sucedida depende de uma sequência complexa de ocorrências hormonais e fisiológicas altamente vulneráveis aos efeitos de excitações emocionais, tanto intensas quanto crônicas. Ao logo do tempo vieram mais teses e estudos e esse ciclo inicialmente linear, hoje se sabe que é cíclico e é diferente para as mulheres e homens, em todas as etapas, e variando também de pessoa para pessoa, porém seguindo esse padrão. As etapas do ciclo são: Desejo - Excitação – Orgasmo e Resolução.

Falarei hoje sobre a primeira etapa, que realmente é o começo de tudo, eu particularmente gosto de unir a essa etapa todo o jogo de sedução que ocorrer entre pessoas que se atraem.

Primeira etapa – Desejo. O Desejo sexual feminino tem como sua base hormonal é o androgênio, e não o estrogênio, por isso não cabe mais argumentar que a queda do estrogênio na menopausa altera a libido, mas o desejo não depende apenas de hormônios, envolvem vários outros sentidos, como uma lembrança, um cheiro um gosto isso também basta para que o corra a “vontade” sexual na mulher, ou seja, o desejo. Então a fase do desejo também está relacionada ao psicológico.  

Para o homem a etapa do desejo também depende dos hormônios masculinos, a progesterona. Mas o homem também tem seu desejo ligado ao emocional, podendo acontecer com os homens, os distúrbios afetivos, como a depressão e a mania, estão freqüentemente associados com flutuações significativas no interesse sexual.

Então podemos observar que a primeira etapa do ciclo sexual, o desejo, tanto para o homem quanto para mulher além de hormonal é bem mais psicológico.

Segunda etapa - Excitação. A Segunda Fase do Ciclo Sexual ocorre quando o corpo passa a responder fisiologicamente frente aos estímulos que dispararam o desejo sexual. Ou seja, a excitação é a resposta do corpo ao desejo. Na mulher, a excitação é demarcada pela produção de uma secreção responsável pela lubrificação vaginal. Duas alterações fisiológicas são as principais protagonistas nessa fase. A congestão vascular, que é o aumento da quantidade de sangue superficial e/ou profunda acumulada em alguns órgãos do aparelho genital e extragenital feminino, e a miotomia, que é a crescente e involuntária contração de fibras musculares. A lubrificação também é algo que ocorre nessa etapa. Há também o rubor sexual, quando a pele fica mais avermelhada, e tanto a pressão sangüínea quanto a freqüência cardíaca e respiratória tendem a aumentar. Ocorrem contrações musculares nos órgãos próximos aos genitais, como o reto (região anal), a uretra e a bexiga. Percebemos todo o preparo biológico para que a vagina seja introduzida pelo pênis. O pênis por sua vez também recebeu um fluxo sanguíneo muito grade, permitindo com que fique ereto, e também tem uma leve pulsação no prepúcio, nessa etapa também é produzido um líquido lubrificante, para auxiliar a penetração.

Terceira etapa – Orgasmos. O orgasmo, o êxtase o ápice da relação sexual e o objetivo de todos, algo muito falado no momento e vivido por poucos, conforme pesquisas feitas, principalmente entre as mulheres, o orgasmo feminino são múltiplas contrações minúsculas sentidas na vagina, ocorrer uma contração muscular prolongada e espástica de 4 a 5 segundos nesta região antes de ocorrer à descarga orgásmica. O orgasmo acontece: há uma explosão de contrações rítmicas e involuntárias na Plataforma Orgástica a uma freqüência de aproximadamente 12 vezes, a cada 0,8 segundos. O interessante é que a mulher, logo em seguida, pode ser novamente estimulada e ter mais que um orgasmo. Essa capacidade multiorgásmica da mulher não é encontrada nos homens, que precisam de um tempo após a ejaculação para iniciar outro ciclo de resposta sexual. Geralmente o homem tem o marco do orgasmo com a ejaculação, mas vale ser falado, que podem ocorrer orgasmos no homem sem que ocorra ejaculação, e um pouco mais difícil, mas um homem pode ejacular e não ter atingido o Maximo do seu prazer.

Ultima etapa – Resolução. A resolução é após o ápice do coito, então na mulher caso não ocorra mais estimulações, D, as alterações fisiológicas ocorridas durante a resposta sexual regridem e os tecidos reativos retornam a um estado de repouso. O clitóris geralmente retorne a sua posição normal, a vagina retorna a seu estado habitual não-estimulado e p o útero desce até sua posição basal. Os pequenos lábios começam a perder sua intensa coloração arroxeada momentos após o orgasmo. Nos homens Durante a resolução, as modificações que acompanham a tensão sexual aumentada retrocedem, à medida que o organismo volta a seu estado de repouso, não-estimulado. Tendo ocorrido o orgasmo, a respiração, o ritmo cardíaco e a pressão sangüínea retornam rapidamente ao nível basal. Os testículos decrescem de tamanho e voltam a sua posição habitual de repouso.

Exceto nos homens jovens, o pênis diminuiu em duas etapas após o orgasmo. Há uma redução imediata de 50% do tamanho, provavelmente em vista do esvaziamento dos corpos cavernosos. A segunda etapa é retardada quando há alguma estimulação sexual residual, tal como ocorre quando o pênis permanece no interior da vagina.

Então a resposta sexual humana acontece quando completamos todas as etapas descritas, e podemos observar que mesmo sendo as mesmas etapas, os corpos femininos e masculinos respondem diferentemente em cada uma delas. Agora é só recomeçar, lembra que disse é cíclico...

 

Sexo Verbal

Por Fabielly Vasconcelos

sem comentários

Deixe o seu comentário