Macaé News
Cotação
RSS
Acosta nos bastidores da notícia - Por Acosta

Acosta nos bastidores da notícia Por Acosta

Acosta nos bastidores da notícia - Por Acosta

Dia da Consciência Negra movimenta Macaé para discussão e reflexão

Publicado em 18/11/2017 sem comentários Comente!


“Memória e Construção da Identidade Negra”. Este é o tema abordado numa roda de conversa que irá ocorrer na próxima quarta-feira (22), às 18h, no teatro do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro-NF), comemorando o Dia da Consciência Negra.

A abertura do evento será com a apresentação do Coral do Sindipetro-NF regido pelo maestro Wilson dos Santos Souza, acompanhado do tecladista Marcos Caê. O debate, que visa conhecer a história de luta e a construção da identidade negra, conta com a presença dos mestres, doutores e professores Jorge Luiz Santos e Luciane Soares.

Durante a programação da noite será exibido o documentário premiado "Menino 23" e debatido com a professora da UFRJ e membro do Neab-UFRJ/UFF Macaé, Caroline Guilherme. O filme começa a partir da descoberta de tijolos marcados com suásticas nazistas em uma fazenda no interior de São Paulo, acompanha a investigação do historiador Sidney Aguilar e a descoberta de um fato assustador: durante os anos 1930, 50 meninos negros e mulatos foram levados de um orfanato no Rio de Janeiro para a fazenda onde os tijolos foram encontrados.

- O Sindipetro-NF consolidou a comemoração do Dia da Consciência Negra em Macaé, através dos eventos que promove há anos em seu teatro. Este ano debateremos como se deu a construção da identidade negra em nosso país -, ressalta a diretora de formação, Conceição de Maria. 

Dia da Consciência Negra - Comemorar o Dia Nacional da Consciência Negra no dia 20 de novembro é uma forma de homenagear e manter viva na memória a figura histórica de Zumbi dos Palmares e não somente a imagem do líder, como também sua importância na luta pela libertação dos escravos, concretizada em 1888. Para quem não sabe, esse dia foi instituído como sendo o Dia Nacional da Consciência Negra pela Lei nº 10.639, de 9 de janeiro de 2003, no calendário escolar brasileiro. Recentemente, a Lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011, instituiu o dia 20 de novembro como Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra. A data foi assim designada porque, de acordo com o governo, o líder negro Zumbi dos Palmares, rei do Quilombo dos Palmares, foi morto no dia 20 de novembro de 1695.

Veja a programação:

- Roda de Conversa: "Memória e Construção da Identidade Negra".

Com o professor Jorge Luiz Santos, da Faculdade Batista de Macaé e Mestre em Políticas Públicas Educacionais pela UniRio, e a professora Luciane Soares, da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro e Doutora em sociologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.   

- Exibição do Filme: “Menino 23”

Lançado em 2016, tem a duração de 1h20min.

Indicado ao grande prêmio do cinema brasileiro como melhor filme e melhor montagem de documentário. Direção de Belisário Franca, produção de Maria Carneiro da Cunha e roteiro de Belisário Franca, Bianca Lenti.

___________________________________________

Jornalista Lourdes Acosta com assessora Sindipetro.

DRT/MTE 911/MA / Macaé, 18/11/2017.

Acosta nos bastidores da notícia

Por Acosta

sem comentários

Deixe o seu comentário
Digite as palavras abaixo: