Macaé News
Cotação
RSS
Acosta nos bastidores da notícia - Por Acosta

Acosta nos bastidores da notícia Por Acosta

Acosta nos bastidores da notícia - Por Acosta

Opinião: Macaé inaugura unidade de castração de cães e gatos

Publicado em 14/08/2017 sem comentários Comente!


Definitivamente, Macaé terá a partir de agora seu primeiro posto de saúde animal. Trata-se da Unidade de Castração de Cães e Gatos de Macaé, que deverá ser inaugurada nesta terça-feira (15), às 18h, na Avenida W 5, 130, no Lagomar, com capacidade para atender e castrar até seis animais por dia e meta para 480 cirurgias de castração ao ano.

Historicamente, a Unidade de Castração irá instaurar na cidade, uma nova política pública de atendimento aos animais com responsabilidade, comprometimento e compromisso com a causa animal e que está sendo executada pela coordenação especial de Promoção da Saúde dos Animais e Controle de Zoonoses (CEPSACZ), através do Programa de Controle Populacional de Cães e Gatos (PCPCG).

A finalidade é conter o crescimento populacional dos animais domésticos. Eles são mais de 130 milhões no mundo inteiro. No Brasil, os últimos dados do IBGE apontam para 52 milhões de cães e 22 milhões de gatos. Em Macaé, a estimativa é de que existam mais de 20 mil cães e 3.500 gatos. A superpopulação acaba gerando um grande número de animais de estimação maltratados e muitas vezes abandonados nas ruas, onde sofrem violências, além de se tornam potenciais vetores de zoonoses.

O grande número de cães e gatos passou a ser um assunto de saúde pública e Macaé não ficou de fora se respaldando na legislação federal (Lei 13426/17), que criou uma política de controle de natalidade de animais domésticos levando em conta o quadro epidemiológico que possa existir com o aumento da espécie de animais. Ao iniciar o procedimento permanente de castração, que esteriliza cães e gatos por cirurgia, a coordenação irá garantir o controle da natalidade com eficiência, segurança e bem-estar ao animal.

Existem pessoas que têm o dom de dar uma atenção especial aos animais. Hoje, Macaé se torna mais humana. São gestos como essa inauguração de uma Unidade de Castração permanente que fortalecem a política pública de saúde dos animais, pois cuidar dos nossos cães e gatos é um gesto de nobreza. É preciso que se diga que à frente desse programa está o incansável Rafael Amorim, que coordena o setor de Promoção da Saúde dos Animais e Controle de Zoonoses do município e que, desde que assumiu a pasta tem buscado a melhoria da qualidade de vida dos animais domésticos, quer seja no campo institucional ou através de parcerias e apoios.

No preâmbulo da inauguração de uma unidade definitiva, já tivemos na cidade, no último mês de maio, um mutirão de castração de cães e gatos, gratuito, aos moradores do Lagomar, onde 38 animais (22 cães e 16 gatos) foram submetidos à intervenção cirúrgica com sucesso.

Enfim, a partir desta terça-feira (15) Macaé poderá se tornar um marco regional na política pública de intervenção cirúrgica de castração de cães e gatos, evitando que estes animais continuem a se reproduzir e consequentemente, gerem mais abandono, principalmente, nos bairros de menor poder aquisitivo onde sempre tem animais soltos.

A instalação da Unidade de Castração de Cães e Gatos será no prédio onde funciona o Controle de Endemias do CCZ, que sofreu reformas. A revitalização contou com o apoio de parceiros e foi composta de uma sala de cirurgia e duas salas de preparação e paramentação (material de esterilização – luvas, máscaras, gorros, aventais, óculos protetores e escovação das mães, entre outros), seis canis pós-operatórios e um auditório aberto para a realização de palestras educativas e informativas. Além da reforma, a Unidade ganhou duas mesas cirúrgicas para os procedimentos.

_________________________________________________

Artigo opinativo - Jornalista Lourdes Acosta DRT/MTE 911/MA

Macaé, 14/08/2017.

Acosta nos bastidores da notícia

Por Acosta

Agenda

+ eventos

Classificados

+ anúncios

sem comentários

Deixe o seu comentário
Digite as palavras abaixo: