Macaé News
Cotação
RSS
Acosta nos bastidores da notícia - Por Acosta

Acosta nos bastidores da notícia Por Acosta

Acosta nos bastidores da notícia - Por Acosta

Drone ajuda a combater Aedes aegypti

Publicado em 31/05/2017 sem comentários Comente!


Utilizando o drone como ferramenta de mapeamento dos possíveis focos do Aedes aegypti, a prefeitura, com atuação do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), prossegue nesta semana no combate ao mosquito nos canais da Aroeira e nas dependências do Núcleo de Atenção à Mulher e à Criança (Nuanc).

De acordo com o coordenador administrativo do CCZ, Flávio Paschoal, as imagens feitas pelo drone são recebidas para que seja feito um planejamento adequado na realização das ações. Ele informa que durante esta semana, os agentes de endemias, ao inspecionar os canais da Aroeira e visitar as casas do entorno, irão também conscientizar sobre a prevenção aos focos de mosquitos causadores da dengue e outras doenças como a chicungunha e o zika vírus.

Desde o mês de abril, quando a campanha se intensificou, bairros receberam equipes de combate à dengue que antes foram monitoradas por imagens. Entre eles estão o Centro, Parque Aeroporto, Miramar, Visconde de Araújo e Aroeira. O Centro de Convenções e o Parque de Exposição também foram mapeados pelo drone. “Nesse período identificamos 32 caixas d’água sem tampa e 12 piscinas, vistoriamos vários terrenos baldios e casas abandonadas. Cobrimos oito caixas d’água, tratamos três piscinas e entramos em dois imóveis”, disse Flávio Paschoal.

O Coordenador Especial de Promoção da Saúde dos Animais e Controle de Zoonoses, Rafael Amorim, explica que a parceria com a empresa DM Imagens Aéreas tem possibilitado, sem custos para o município, um planejamento de ações completo, permitindo aos agentes de endemias uma melhor vistoria dos locais de possíveis focos. “O drone, como um veículo aéreo remotamente pilotado e que através de filmagens ou fotografias permite o monitoramento de uma região, tem nos apontado os possíveis focos dos mosquitos”, explicou Amorim.

O drone como parceiro

O responsável pela empresa parceira, DM Imagens Aéreas, Daniel Carvalho, comemora a recente regulamentação de aeronaves remotamente pilotadas - os drones, pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que irá permitir uma grande expansão do mercado. Ele disse que em tempos de guerra contra o mosquito, todo e qualquer instrumento tecnológico auxilia as equipes. “O drone, através das imagens, pode ainda documentar o processo para notificação do proprietário de uma casa ou terreno abandonado onde tenha foco do mosquito. Nossa intenção é contribuir com o município, uma vez que o combate ao Aedes deve ser realizado por toda a sociedade”, ressaltou.

_________________________________________

Jornalista Lourdes Acosta DRT/MTE 911 MA/ CCZ

Macaé, 30/05/2017.

Acosta nos bastidores da notícia

Por Acosta

Agenda

+ eventos

sem comentários

Deixe o seu comentário
Digite as palavras abaixo: