Macaé News
Cotação
RSS
Dimensão Arquitetura - Por Luis Paulo Guimarães

Dimensão Arquitetura Por Luis Paulo Guimarães

Dimensão Arquitetura - Por Luis Paulo Guimarães

Olá a todos! Vamos falar de arquitetura?

Publicado em 06/04/2017 1 comentário Comente!

Projeto de arquitetura mostrado em várias etapas. Foto: archidaily brasil

Projeto de arquitetura mostrado em várias etapas. Foto: archidaily brasil

 

Olá nobres amigos! Deixa-me apresentar, me chamo Luís Paulo, sou arquiteto e urbanista formado pelo Centro Universitário Fluminense – Uniflu. Gostaria de partilhar com vocês algumas informações deste mundo vasto que é a arquitetura e o urbanismo.

Eu não sei se você para e observa, a arquitetura e o urbanismo nos rodeiam a todos em qualquer lugar, todos instantes. Vivemos em um espaço edificado, vamos para o curso, trabalho, para o shopping e estamos cercados dessas informações – da arquitetura; e, não menos importante do urbanismo, que caminha junto com a arquitetura, formando as nossas cidades.

Essa coluna é para os entusiastas do assunto e talvez outros nem tanto, mas para aqueles que querem estar bem informados, seja por que irão construir, reformar, enfim, teremos um papo descontraído e diversificado.

Inicialmente vamos nos falando semanalmente, vou falar com vocês sobre dicas de construção, interiores, pautar questões sobre nossa cidade, fazer entrevistas com outros profissionais, e claro, atender também as solicitações de vocês meus queridos amigos.

Para começar a coluna, vou abordar um pouquinho sobre o porquê você deve contar com um profissional de arquitetura e também desmistificar um pouco algumas ideias que possam não estar tão claras. Vem comigo?

1)    Arquitetos são profissionais que desenham casas e é caro contratá-los.

 

Sim, arquitetos “desenham” casas, mas, não apenas casas, desenham prédios, escolas, shopping centers e aquilo que você imagina do espaço construído e não construído.

Bom, o “desenhar”, entre aspas é por que na verdade esta é uma das formas de linguagem que o arquiteto traduz o graficamente o seu projeto, dentro das normas técnicas para que o que é papel, vire realidade. Na verdade este “desenhar” bem na verdade é projetar, e, quando feito por um profissional compromissado, estará aliado ao bem-estar, seja pelo aproveitamento dos ventos predominantes, seja talvez pela escolha dos materiais construtivos – ambas situações, aliás podem fazer você economizar no uso do ar condicionado, por exemplo. Há uma gama de coisas pelas quais um profissional pode primar para o bem estar do cliente. O primeiro passo é o diálogo, onde o profissional deve entender a vontade do cliente e propor algo dentro das suas expectativas. Os próximos passos devem vir de acordo com as suas necessidades. E para isso o bom profissional irá indicar cada etapa de um projeto, deixando claro os honorários (este custo é estipulado por cada profissional, porém uma estimativa é que represente 3% a 12% do valor da obra), prazos e o que será entregue.

 

 

 

 

2)    Quando devo contar com um profissional de arquitetura?

 

Muitas pessoas têm a visão de que precisarão de um profissional de arquitetura apenas para confeccionar o seu projeto de arquitetura; outras tantas acabam por contratar os serviços de um arquiteto no momento em que são notificadas por algum órgão de fiscalização, no momento em que estão construindo sem dar entrada na papelada na prefeitura.

Bom, essas são situações que envolvem a um arquiteto, porém, talvez você queira contar com a assessoria deste profissional ainda na escolha do terreno. O arquiteto e urbanista está habilitado para verificar algumas questões, desde as burocráticas – ou seja, o loteamento onde está o terreno está cadastrado, tem tudo aquilo que a legislação exige do loteador? Verificado isso pode-se escolher o terreno de acordo com algumas expectativas pessoais – perto da área verde? Longe do barulho? E outras questões técnicas como o escoamento d’água, trajetória do sol, ventos predominantes.

Obviamente, além de fazer projetos de arquitetura, os profissionais estão habilitados a acompanhar a execução da obra, e é interessante que isso seja contratado por que é a garantia de que, aquilo que está no papel será executado da mesma forma como foi planejado, evitando retrabalho e desperdícios.

Tantos outros encargos estão nas incumbências deste profissional. Projetos de loteamentos urbanos, projetos de paisagismo, mobiliário, paginações de piso, escolha de materiais, etc.

Cabe ao cliente estar atento às habilidades do profissional, isso pode ser notado desde a sua experiência profissional, a referências, e também aquilo que o profissional garante. Exija que seja feito contrato.

 

 

3)    Arquitetos são pessoas que não tiveram habilidade suficiente para fazer engenharia civil e nem foram afeminados demais para fazer decoração?

 

Olha, para estudar arquitetura e, principalmente para se manter nela a pessoa tem que ter habilidade sim. Para estudar você tem que abrir mão de várias coisas, principalmente aquelas “sociais” com a família e os amigos, assim você conseguirá dar conta de fazer projetos de arquitetura, urbanismo, paisagismo, estudar para estruturas, para história do urbanismo, patrimônio.

Depois de formado além de definir onde se quer atuar, deve-se fazê-lo com maestria, incluindo aí um estudo continuado, visto que o mercado está sempre mudando em uma grande velocidade.

Bom, primeiramente, arquitetos não fazem “decoração”, senão, projeto de interiores – isso significa as vezes derrubar alguma parede, mudar pontos de hidráulica, de elétrica. Aquilo que está visível e em “sintonia” cabe a um bom projeto de interior – o piso utilizado, o revestimento das paredes, as cores, o tipo de forro, o posicionamento dos móveis, entre outros.

Com, quanto ao quesito de não ser “afeminado”, gay, ou como queira entender a pergunta, dá licença, né? Estamos em pleno século XXI e as pessoas tem liberdade para saber o que é melhor para si, sem a intromissão e, se não com a concordância com o respeito dos demais. Afinal, acho que essa resposta abrangeria a todos os cursos certo?

 

Bem amigos, essa última pergunta foi uma brincadeirinha, apenas para descontrair com o ditado da construção civil. Mas a resposta é verdadeira.

Poderia escrever muito mais. Não vou me estender. Espero que vocês tenham gostado, pois escrevi com muito carinho.

Temos um encontro na próxima semana. Vamos falar sobre banheiros?

Aguardo você!

 

Luís Paulo Klein Guimarães – Arquiteto e Urbanista

E-mail: contato.dimensaoarquitetura@gmail.com

Tel.: (22) 9 9907 -8060

 

Dimensão Arquitetura

Por Luis Paulo Guimarães

Agenda

+ eventos

Classificados

+ anúncios

1 comentário

Deixe o seu comentário
Digite as palavras abaixo: